A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

19/03/2015 13:54

Governador aprova lei e Cassilândia é nomeada capital estadual do rodeio

Liana Feitosa
Festa do peão existe desde 1969 e foi criada para comemorar aniversário da cidade. (Foto: Divulgação / Expocenter)Festa do peão existe desde 1969 e foi criada para comemorar aniversário da cidade. (Foto: Divulgação / Expocenter)

Decisão divulgada nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul, confere ao município de Cassilândia, a 418 quilômetros de Campo Grande, o título de Capital Estadual do Rodeio. A lei nº 4.651 foi aprovada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e já está valendo.

Veja Mais
Corpo encontrado em rio é de trabalhador que desapareceu no domingo
Jovens são rendidos em frente de casa por dupla armada durante a madrugada

O título foi sugestão do vereador Samuel Béu (PP), que fez a solicitação ao deputado Professor Rinaldo (PSDB) e foi atendida pelo governador.

"Fiz a indicação e escrevi um artigo sobre a festa do peão, que existe desde 1969 e foi criada como forma de comemorar o aniversário da cidade", explica Béu.

"Até hoje é uma atração tradicional, todos os anos, desde 1980, são sorteados dois carros zero quilômetros para o campeão da prova de touros e, outro, para o vencedor da prova de cavalos", explica o vereador.

Segundo o parlamentar, a cidade possui campeões que frequentam rodeios profissionalmente. A festa deste ano, ainda de acordo com Béu, está marcada para 29 de julho e se estenderá até 2 de agosto. 

"Já temos atrações confirmadas, entre elas, Jorge & Mateus, Guilherme & Santiago, Humberto & Ronaldo e Ricardo & João Fernando. E, no domingo, será a final do rodeio", finaliza.

 

Jovens são rendidos em frente de casa por dupla armada durante a madrugada
Três jovens, todos com 21 anos, foram rendidos enquanto estavam em frente de casa por dois ladrões armados, que chegaram a pé. Eles foram obrigados a...
Embriagada e cansada de apanhar, mulher mata marido com facada
Embriagada e cansada de apanhar, Maria Aparecida Ortiz, 49, matou Luis Carlos Ajala, 41, com uma facada no braço direito. Ele perdeu muito sangue e v...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions