A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

25/08/2015 07:23

Homem de 32 anos é a segunda vítima fatal de acidente na MS-463

Viviane Oliveira
A colisão foi frontal entre dois veículos. (Foto: Rádio 94 FM)A colisão foi frontal entre dois veículos. (Foto: Rádio 94 FM)

Foi identificado como Bruno Silva Balsani, 32 anos, umas das vítimas que morreu no acidente entre dois carros de passeio na noite de ontem (24), na MS-463, próximo ao posto fiscal Pacuri, na zona rural de Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Colisão entre dois carros fere dois e mata dois, sendo um policial militar
Morto em perseguição, policial queria voltar para cuidar da mãe e casar

Além de Bruno, morreu no acidente o policial militar Charles Augusto Corso, 23 anos, e duas pessoas ficaram feridas, Carolina Quizani Matozo, 24, e o também PM Igor Rosa Martins, 26. Os feridos foram encaminhados ao Hospital Regional de Ponta Porã.

De acordo com a polícia, a colisão foi frontal entre um Ford/Focus, de cor branca, e um Uno Way, de cor prata. O policial Charles e Igor estavam no Focus. No outro veículo, estavam Bruno, que conduzia o carro, e tinha como passageira, Carolina.

O caso foi registrado como acidente de trânsito com vítima fatal provocado pela própria vítima na 1ª Delegacia de Polícia Civil do município. As causas do acidente estão sendo apuradas. Os policiais militares moram em Dourados e são lotados em Ponta Porã.

Carro envolvido no acidente ficou totalmente destruído. (Foto: Rádio 94 FM) Carro envolvido no acidente ficou totalmente destruído. (Foto: Rádio 94 FM)

Tragédia - Este é o segundo policial militar que perde a vida em acidente de trânsito em menos de 30 dias. No começo deste mês, o policial militar César Augusto Corvalan Machado, 26 anos, morreu, no início da noite deste domingo (2), ao tentar prender um suspeito, na Rua Coronel Ponciano, próximo ao Cemitério de Dourados.

Fábio Custódio, 28, empinava uma moto em frente a uma distribuidora de bebidas, no Centro de Dourados, momento que policiais o avistaram e deram a ele a ordem de parada. O suspeito não obedeceu e fugiu do local.

Corvalan, que era do Getam (Grupo Especializado Tático Motorizado), fez acompanhamento tático do acusado. Ao chegar na Rua Coronel Ponciano, o PM perdeu o controle da moto depois de ser fechado por Fábio, e se chocou com uma lombada eletrônica no local. Ele sofreu traumatismo craniano, foi atendido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions