A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

28/11/2012 08:14

Homem é feito refém por dupla para roubar malote com cheques e documentos

Paula Maciulevicius

Um homem de 48 anos foi feito refém por bandidos na noite desta terça-feira, na BR-262, em Ribas do Rio Pardo, sentido Campo Grande. Os assaltantes estavam em um carro preto e emparelharam com o veículo dirigido pela vítima, um Fiat Uno, por volta das 19h, na rodovia.

Veja Mais
Ao tentar esconder celular, preso fica com braço entalado em ralo por 7 horas
Chuva refresca, mas calor em Porto Murtinho continua acima dos 37°C

Um dos ocupantes do carro apontou uma arma para o motorista e mandou que ele parasse. Dois homens entraram no carro e ordenaram para que ele passasse para o banco do passageiro. Um dos rapazes foi dirigindo e o outro mantendo a vítima refém, sentado no banco de trás.

O motorista é funcionário de uma empresa que faz transporte de documentos bancários. No veículo estavam quatro malotes, cada um deles com cerca de mil cheques e documentos de empréstimo, aplicações e demais serviços de banco.

No carro, o funcionário teve de ficar com a cabeça abaixada para não ver o trajeto e nem os assaltantes. A dupla pegou uma estrada de terra próxima ao posto Nossa Senhora Aparecida. O carro preto, que emparelhou com o motorista anteriormente, foi dando cobertura a dupla.

Quando chegaram no local, os dois carros pararam e o funcionário foi deixado amarrado com uma fita. Os bandidos fugiram levando dois malotes, o celular do homem e a chave do Uno.

A vítima conseguiu se soltar e percorreu um longo trecho em meio a um matagal até chegar na rodovia e conseguir carona.

Para a Polícia Civil da Ribas do Rio Pardo, o bando tinha conhecimento de que a empresa não transportava dinheiro e que eles queriam mesmo eram levar documentos específicos. Até o momento a empresa não informou à Polícia o ‘teor’ dos malotes e nem quais bancos seriam vítimas do roubo.

O assalto, segundo relatou a vítima à Polícia, foi rápido, entre a abordagem e o local que escolheram para deixá-lo foram 15 minutos.

O motorista não soube passar características dos bandidos, apenas que um deles era negro e falava com sotaque nordestino. Para a Polícia, ele falou que já havia passado por Brasilândia, Três Lagoas, Água Clara e por último, Ribas do Rio Pardo. A rotina era diária o que leva a Polícia a crer que o trajeto já era conhecido pelos bandidos.

Chuva refresca, mas calor em Porto Murtinho continua acima dos 37°C
A chuva que atingiu Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande, no início da semana aliviou a onda de calor na cidade. Entre segunda e terça-fe...
Homem é flagrado tentando fugir pelo telhado após furtar mercado
Um homem de 35 anos foi preso em flagrante tentando fugir pelo telhado de um mercado após furtar alimentos. O caso aconteceu às 04h15 desta quarta-fe...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions