A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

07/03/2014 23:40

Homem é sequestrado, torturado e acaba morrendo em Rio Verde

Alan Diógenes
Negão teria saído com R$ 1, 7 mil no bolso para pagar contas no centro da cidade. (Foto: site Edição de Notícias)"Negão" teria saído com R$ 1, 7 mil no bolso para pagar contas no centro da cidade. (Foto: site Edição de Notícias)

Um trabalhador rural morreu em Rio Verde de Mato Grosso, a 207 quilômetros de Campo Grande, após ter sido sequestrado, mantido em cativeiro e torturado depois que saiu de casa para pagar contas.

Veja Mais
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
Missão conjunta irá apurar violações de direitos humanos com índios de MS

De acordo com o Edição de Notícias, Ana Cláudia Gonçalves, de 33 anos, que é irmã da vítima, contou que Loriel Gonçalves da Silva, de 24 anos, conhecido como “Negão”, saiu de casa com R$ 1,7 mil no bolso para pagar contas na região central da cidade. Depois disso o trabalhador rural não foi mais visto.

Ainda segundo o relato da irmã da vítima, na manhã desta sexta-feira (7), o Hospital Municipal teria recebido uma denúncia anônima informando que uma pessoa estava abandonada toda ensanguentada em uma residência.

Quando o socorrista chegou ao local encontrou “Negão” caído de bruços, acompanhado de uma mulher e de um homem que estava com um alicate nas mãos sujo de sangue. O socorrista acionou a polícia, porém quando os militares chegaram no cativeiro, onde a vítima era mantida e torturada, ninguém foi encontrado.

“Negão” foi levado para o hospital com vários ferimentos pelo corpo. Devido à gravidade do seu estado de saúde, ele precisou ser transferido para Campo Grande, mas não resistiu e morreu.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions