A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/09/2015 10:18

Homem espanca ex-mulher ao achar que ela havia sumido com celular dele

Luana Rodrigues

Uma mulher de 28 anos foi espancada pelo ex-marido, quando estava buscando o filho do casal de quatro anos na casa do homem. O caso foi registrado na rua São Francisco, no jardim Itália,em Dourados - distante 233 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

De acordo com a informações do registro da ocorrência, a vítima contou que havia deixado a criança com o pai Luciano Junior Paranhos da Silva, 34, por volta das 09h da manhã e que, por volta das 21h havia ido para buscá-la. Durante conversa no interior da casa do autor, os dois passaram a discutir por causa de um aparelho celular do homem, que havia sumido.

Exaltado, ele passou agredir a mulher com socos no rosto, nuca, nariz e boca e ainda a puxando pelos cabelos. Em seguida, Luciano a jogou no sofá, mesmo assim a vítima se levantou e saiu da casa. Do lado de fora, o autor prosseguiu com as agressões, não respeitando nem o fato dela estar com o filho do casal de 04 anos de idade no colo.

Vizinhos viram as agressões e chamaram a polícia. A estava ao lado do carro, chorando e com o rosto todo ensanguentado. Havia um corte no lábio superior e sangramento no nariz. A roupa da criança também ficou suja de sangue, por conta das lesões da vitima.

Ela contou aos polícias que conviveu maritalmente com o autor por aproximadamente 04 anos e deste relacionamento nasceu um filho. Disse ainda que os dois estão separados há mais de oito meses.

Luciano foi preso em flagrante pela lei Maria da Penha e encaminhado a Depac(Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da cidade. O aparelho de telefone celular, pivô das agressões, foi encontrado no interior da mochila da criança.

Violência doméstica - De janeiro a agosto, 3.777 pessoas foram vítimas de violência doméstica em Mato Grosso do Sul. A maioria são mulheres, agredidas pelos maridos, namorados ou ex-companheiros.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions