A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/02/2011 13:49

Homem executado em Dourados seria membro do PCC, que atua na fronteira

Paula Vitorino

Claudio Antonio da Silva, de 40 anos, executado na última quarta-feira, em Dourados, pode ser integrante do PCC, segundo informações da polícia apuradas pelo site Capitan Bado. Ele estaria ligado a Nilton Cesar Antunes, suposto líder do PCC na região da fronteira, atualmente preso no Paraguai.

Ainda de acordo com as investigações, Claudio teria ocupado o “cargo” de outro membro do PCC, Roni Alves de Campos, de 39 anos, conhecido como “Roni Preto”.

Claudio foi executado com 12 tiros de pistola 9 mm em frente a rodoviária de Dourados.

Já “Roni Preto”, foi assassinado por pistoleiros poucos dias após ter saída da prisão paraguaia, em 2010. Ele estava na frente da casa da sogra, em Dourados, quando um desconhecido se aproximou, sacou uma arma e começou a efetuar os disparos.

As investigações da policia apontam que as execuções dos dois pontaporanenses, membros do PCC, tenham sido um acerto de contas entre traficantes que atuam na região.

Mas a policia também trabalha com a possibilidade dos dois terem sido assassinados porque não estariam cumprindo com as entregas de drogas solicitadas pelos grupos que atuam em outras cidades vizinhas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions