A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

22/11/2012 08:57

Homem mata esposa, atira em sogro em Amambai e foge para Ponta Porã

Francisco Júnior
Rodrigo foi preso em flagrante. (Foto: A Gazeta News)Rodrigo foi preso em flagrante. (Foto: A Gazeta News)

Ana Paula Rodrigues, de 28 anos, foi morta com um tiro no peito disparado pelo marido, Rodrigo de Souza Barbosa Pinto, de 29 anos, durante uma briga na tarde de ontem (21), no Jardim Panorama, em Amambai.

Veja Mais
Base dos Bombeiros com 8 militares deve ser implantada até o meio do ano
Investimento em recuperação de rodovias no MS será de R$ 185,9 milhões

De acordo com o site A Gazeta News, antes de fugir do local ele ainda atirou contra o padrasto da mulher, Antonio Dias de Souza Sobrinho, 56 anos, acertando com um disparo de raspão no abdômen.

Rodrigo deixou a cena do crime em uma motocicleta, uma Yamaha YBR Factor, e seguiu até um posto de combustível situado na Avenida Pedro Manvailler, próximo a saída para Coronel Sapucaia.

No posto, o rapaz rendeu Lucildo Paulino da Silva, 37 ano, e o obrigou a entregar o veículo dele, um Honda Civic. Segundo a vítima, como o carro é hidramático, Rodrigo teve dificuldade para conseguir ligá-lo. Rodrigo ficou nervoso e apontou a arma para a cabeça de Lucildo e puxado o gatilho por pelo menos três vezes, mas a arma falhou.

Após receber instruções do dono do carro, Rodrigo saiu com o Honda Civic em alta velocidade. Seguiu até um balneário situado aos fundos da Vila Indiana, na periferia da cidade, onde acabou abandonado o veículo.

No local, conforme o site A Gazeta News, rendeu um homem e o obrigou a levá-lo até nas proximidades de uma ponte, na saída para Coronel Sapucaia.

Rodrigo foi preso na saída para Ponta Porã. Ao ser preso, Rodrigo, que aparentava total descontrole emocional, disse aos policiais que havia tomado um moto táxi na Avenida Nicolau Otano, no centro da cidade, até a saída para Ponta Porã onde pretendia embarcar em um ônibus para Campo Grande.

Ao ser preso o acusado não revelou os motivos que o teria levado a atirar contra a esposa e contra o sogro. A arma do crime não foi localizada.

Informações de familiares da vítima feitas com exclusividade à reportagem, afirmam que Rodrigo teria permanecido fora de casa durante todo o dia de terça-feira (20), supostamente bebendo com amigos e só teria chegado em sua casa na manhã dessa quarta-feira.

Segundo os familiares, não teria ocorrido discussão entre a vítima e o acusado, mas ele teria se desentendido com outros moradores do bairro momentos antes e teria ficado bastante nervoso.

 

Base dos Bombeiros com 8 militares deve ser implantada até o meio do ano
Rio Brilhante - cidade localizada a 163 km de Campo Grande - deve ganhar em breve uma base do Corpo de Bombeiros. Foi publicado no DOE-MS (Diário Ofi...
Investimento em recuperação de rodovias no MS será de R$ 185,9 milhões
O Governo do Estado deve investir R$ 185,9 milhões para recuperar trechos das rodovias MS-156, MS-379 e MS-470, que ficam em maior parte na região de...
Justiça pede prisão preventiva de agente acusado de matar esposa
Foi expedida a ordem de prisão preventiva do agente penitenciário acusado de matar a esposa no bairro Jardim Novo Aeroporto, em Três Lagoas, cidade 3...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions