A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

02/05/2014 10:00

Homem matou o pai e a esposa após descobrir traição, diz Polícia Civil

Luciana Brazil

O suspeito de ter matado o pai e também a própria companheira, em Camapuã, continua foragido, de acordo com a Polícia Civil. Segundo informações preliminares, Silvano Nogueira da Silva descobriu um relacionamento entre a esposa e o pai. A polícia acredita que a traição possa ter motivado o crime.

Veja Mais
Casal é encontrado morto e Polícia suspeita que filho é o assassino
Marido agride esposa e se esconde da polícia na casa do pai

Luiz Nogueira da Silva e Edna Teixeira Goes foram encontrados mortos na manhã de quarta-feira (30), em uma chácara localizada na rua Pororoca, no bairro João de Barro em Camapuã. Inicialmente, foi divulgado que ele havia matado a madrasta, mas depois a vítima foi identificada como sendo a companheira de Silvano

Conforme a polícia, Edna comprou duas caixas de cerveja na noite de sábado (25). Ela pediu ao dono do estabelecimento para pagar a compra com um cheque de R$ 4, 8 mil. Segundo depoimento do proprietário, Edna queria pagar as cervejas e trocar o cheque, mas devido ao alto valor, a conta ficou para ser quitada na segunda-feira (27). O dono da loja entregou as caixas de cerveja na casa da vítima.

Ainda na noite de sábado, Edna telefonou para a o proprietário da conveniência, dizendo que o marido, Silvano, iria buscar dois maços de cigarro.

No domingo pela manhã, Silvano foi novamente ao local, onde comprou mais duas caixas de cerveja em lata. No depoimento do proprietário, Silvano estava diferente, com um jeito estranho. Ao perguntar sobre a mulher de Silvano, ele teria respondido: “Ta lá”.

Ainda segundo a Polícia Civil, na carta, encontrada no local do crime, o suspeito dá evidências de ser o autor do crime e dá supostos detalhes do envolvimento de Luiz com Edna. Diferente do que noticiou a imprensa, Edna era companheira do autor e não do pai.

Encontrados já em estado de decomposição, os corpos foram trazidos para o IMOL (Instituto Médio Odontológico Legal) de Campo Grande. O laudo necroscópico deve ficar pronto na próxima quarta-feira (7).

Caso - As vítimas foram encontradas por vizinhos que sentiram o mau cheiro vindo da casa. Peritos do Núcleo de Perícias em Coxim foram acionados e no local constataram que a porta da frente estava trancada por dentro e a porta dos fundos trancada pelo lado de fora, ambas com correntes e cadeados. No interior do imóvel, os peritos encontraram os corpos do casal caídos no chão, em avançado estado de putrefação.

Luiz teria sido morto com um golpe na cabeça, provavelmente causado por um machado. Ele teve o crânio aberto pela pancada. Já Edna, apresentava vários cortes na lateral esquerda do corpo e teve o abdômen aberto, deixando as vísceras expostas.

No local os peritos encontraram um machado, uma foice e uma faca, que podem ter sido usados no assassinato, além da carta escrita por quem cometeu o crime. A polícia ainda não confirma que Silvano matou as vitimas e não descarta a hipótese de que ele esteja sendo incriminado.

Marido agride esposa e se esconde da polícia na casa do pai
Após agredir a esposa, Gilmar Sousa, de 37 anos, se escondeu na casa do pai no assentamento Itamarati, em Ponta Porã – a 323 km de Campo Grande. Conf...
Homem é encontrado morto com marcas de tiro em calçada de casa
Um homem não identificado foi encontrado morto na madrugada deste domingo (11) em Dourados – a 233 km de Campo Grande. Conforme o Boletim de Ocorrênc...
Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Guinovaldo Aguiar Gama, de 53 anos, foi preso em flagrante depois de ter atropelado um ciclista na região central de Itaporã, 227 quilômetros de Camp...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions