A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

28/05/2014 09:03

Homem preso durante a operação Judas Iscariotes é indiciado pela Polícia

Viviane Oliveira
Sacas de milho apreendidas durante a operação. (Foto: divulgação) Sacas de milho apreendidas durante a operação. (Foto: divulgação)

Acusado de furto qualificado, Rosalino Cuevas, 50 anos, foi indiciado pela 1ª Delegacia de Polícia de Jardim, distante 233 quilômetros de Campo Grande. Ele foi preso durante a operação Judas Iscariotes deflagrada no dia 1ª de abril.

Ele era um dos funcionários da empresa de suplementos animais do município, na Vila Brasil, que confessou que furtava o estabelecimento. Durante a prisão, Rosalino acabou indicando outros trabalhadores que participavam do crime.

O dono da loja já suspeitava de furto de sacaria de milho há alguns meses e desconfiava do envolvimento de funcionários. Desta forma, o delegado titular, Alex Sandro Antônio, deflagrou uma investigação sigilosa.

Durante a operação Judas Iscariotes, foram localizados na casa de uma testemunha várias sacas de milho que totalizou 196 unidades de 40 quilos. À Polícia, a testemunha disse que o produto pertencia a Rosalino e não sabia que eram ilícitos.

Rosalino confessou o crime e entregou, também, outros funcionários da empresa. Conforme o delegado, a investigação vai continuar para saber se outros empregados praticaram o mesmo crime de furto.

Preso - No dia 2 do mês passado, um dia depois de deflagrada a operação, um funcionário de 24 anos foi preso suspeito de desviar dinheiro da empresa agropecuária há pelo menos um ano e meio. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions