A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/04/2015 11:12

Hospital confirma que bebê engoliu pedra de crack e diz que criança passa bem

Viviane Oliveira

O Hospital Regional Rosa Pedrossian confirmou que a criança de 1 ano e 2 meses engoliu uma pedra de crack. O caso aconteceu na manhã de ontem (27) em Coxim, cidade distante 260 quilômetros de Campo Grande. A menina foi atendida no Hospital Álvaro Fontoura, mas foi transferida para a Capital.

Veja Mais
Pai foge de hospital com filha de um ano que engoliu pedra de crack
PF apreende 60 kg de cocaína e prende traficante de 28 anos na MS-164

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade, apesar da gravidade, os efeitos da droga foram mínimos na criança. A equipe médica espera a eliminação dos resíduos do entorpecente pelas fezes e a previsão de alta é para hoje à tarde. Uma equipe do Conselho Tutelar e a mãe acompanham a criança no hospital.

O caso - O bebê passou mal e foi levado pelo pai, um homem de 40 anos, ao Hospital Regional Álvaro Fontoura, por volta das 9h30 de ontem. O homem contou à direção da unidade de saúde que sua esposa, uma mulher de 22 anos, é usuária de drogas e que a suspeita era de que a filha tivesse ingerido uma pedra de crack.

Ao perceber a movimentação no HR para acionar o Conselho Tutelar e a Polícia Civil, o pai pegou a menina, o prontuário médico com seu relato e fugiu antes que a mesma recebesse atendimento médico. Diante da situação, a direção do Hospital Regional acionou a Polícia, que assistiu as imagens de segurança do hospital e identificaram o pai. Ele foi localizado em casa por investigadores junto com a esposa e a criança, que continuava passando mal.

Mãe e filha foram levadas para o HR e depois a criança foi encaminhada para Campo Grande. O pai foi levado a Polícia Civil para prestar depoimento. De acordo com o site Edição de Notícias, a delegada Sílvia Elaine Girardi Menck, disse que na residência da família foram encontrados objetos para preparo de entorpecentes, o que levantou a suspeita sobre tráfico de drogas. O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim. 

Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira
Será lançado na próxima terça-feira (6) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - o livro "A Felicidade pela Literatura: Ensaio entr...
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions