A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

09/02/2015 16:34

Hospital vai receber R$ 843 mil da prefeitura para atendimento de urgência

Helio de Freitas, de Dourados
Prefeito Ricardo Fávaro (à direita) ao assinar convênio com o diretor do hospital Milton Melo e o secretário de Saúde Luiz Carlos (Foto: Edson Freitas)Prefeito Ricardo Fávaro (à direita) ao assinar convênio com o diretor do hospital Milton Melo e o secretário de Saúde Luiz Carlos (Foto: Edson Freitas)

A prefeitura de Itaquiraí, cidade a 410 km de Campo Grande, vai liberar R$ 843 mil para ajudar a custear atendimento de urgência e emergência no Hospital São Francisco. O convênio para liberação do dinheiro em 12 parcelas de R$ 70.250 foi assinado hoje pelo prefeito Ricardo Fávaro Neto com a ABI (Associação Beneficente de Itaquiraí), entidade mantenedora do hospital.

Veja Mais
Traficante é presa tentando levar maconha para 'boca de fumo' no Amapá
Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia

O secretário de Saúde de Itaquiraí, Luiz Carlos de Souza, informou que os recursos serão suficientes para cobrir despesas de 334 vagas “zero”, pagar 201 plantões de 12 horas e 91 plantões de 24 horas e garantir outros investimentos no valor de R$ 254.700. “Este é o maior convênio financeiro já firmado com o Hospital São Francisco, em toda sua história”, afirmou.

Participaram do ato de assinatura, no Gabinete do Prefeito, o Diretor Administrativo do Hospital São Francisco, Milton Melo, popular ‘Pacato’, e o Secretário Municipal de Saúde Luiz Carlos de Souza. Após a assinatura do prefeito Ricardo, eles também rubricaram o documento, avalizando a iniciativa da Administração “Trabalhando para Todos”.

Através da assessoria, o prefeito da cidade de 19.920 habitantes disse que os atendimentos ambulatoriais, consultas e exames estão sendo feitos “a contento” nos postos de saúde e através de com clínicas médicas especializadas. Entretanto, segundo ele, a prefeitura não poderia “virar as costas” para os atendimentos de urgência e emergência que sempre terminam em internações. “Para garantir também este atendimento, como o socorro a vítimas de acidentes, fechamos esse acordo com a ABI”, afirmou Ricardo Fávaro Neto. Segundo ele, é mais um investimento que o município faz para garantir serviços que seriam de reponsabilidades do Estado e da União.

O diretor administrativo do Hospital São Francisco, Milton Melo, disse que sem a parceria com a prefeitura seria impossível manter os atendimentos. Este é um pacto com reflexo direto no atendimentos de urgência, emergência e internações. Garante esses procedimentos e custeia principalmente os plantões dos médicos e manutenção do hospital”, afirmou.

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions