A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/08/2014 08:45

Incêndio que pode ter sido criminoso destrói documentos em imobiliária

Caroline Maldonado
Incêndio destruiu documentos, móveis e are-condicionado (Foto: César Rodrigues/Chapadense News)Incêndio destruiu documentos, móveis e are-condicionado (Foto: César Rodrigues/Chapadense News)

Um incêndio destruiu móveis e documentos em uma imobiliária, nesta madrugada, em Chapadão do Sul, a 321 quilômetros de Campo Grande. Por volta das 2h30, o Corpo de Bombeiros foi acionado para conter o fogo, que pode ter sido provocado estrategicamente para destruir documentos da Imobiliária Casa e Terra, segundo o jornal Chapadense News.

Veja Mais
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai

No local, foram encontrados uma marreta com mais de 30 quilos e um recipiente de combustível derretido. Ainda de acordo com o jornal, as chamas destruíram centenas de escrituras, o ar condicionado e material de escritório como mesas e cadeiras além da porta de vidro. A imobiliária fica em num prédio na esquina da avenida Oito com a Dezessete, área central da cidade.

Seis arquivos com documentos de identificação de lotes e suas respectivas localizações foram queimados e na entrada da sala comercial estava um recipiente de álcool derretido, de acordo com o jornal.

Segundo o Chapadense News, os policiais desconfiam que o incêndio tenha sido provocado por um cliente insatisfeito após uma transação de imóveis. A polícia recolheu ainda uma mochila que pode ter sido usada para colocar um ou mais vasilhames com álcool jogados dentro das gavetas.

Uma das gavetas tinha a plaqueta do “Residencial Planalto”. Conforme o jornal, em novembro de 2013 o Ministério Público Estadual de Chapadão do Sul ingressou com uma Ação Civil Pública contra a imobiliária por considerar irregular a corretagem cobrada na aquisição dos lotes do Residencial Esplanada.

A reportagem tentou falar, por telefone, com os proprietários da imobiliária Casa e Terra, mas a secretaria informou que eles residem em Brasília/DF e estão em viagem para Chapadão do Sul, nesta manhã. Segundo a secretaria a imobiliária faz parte de um grupo que tem sede na Capital Federal.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions