A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

14/03/2011 10:54

Índios kadiwéu acampam em fazenda de Bonito e cobram demarcação

Angela Kempfer

Grupo de 100 índios da etnia kadiwéu invadiu no último sábado a fazenda Santa Clara, que faz limite com as aldeias Córrego de Ouro e São João, em Porto Murtinho. A comunidade reivindica a devolução da área de 800 hectares, que sempre foi considerada território indígena.

Há cerca de cinco anos proprietários da fazenda conseguiram liminar judicial para continuar com a área, alegando que o marco que delimitava as aldeias estava errado. Eles obtiveram a posse temporária, até que o STF (Supremo Tribunal Federal) julgue o mérito da questão.

Depois da liminar, peritos de Brasília estiveram na área e reconheceram os marcos como autênticos, porém, até agora não houve julgamento do STF.

Indignados com a demora, os índios entraram na propriedade e dizem que só sairão depois que o Supremo colocar o assunto em pauta.

Distante 65 quilômetros da cidade, a fazenda já havia sido invadida em 2003 e a retirada dos 15 índios acampados em um galpão da propriedade exigiu a intervenção da Polícia.

Na época, os kadiwéu ameaçaram incendiar a sede da fazenda.

Agora, a comunidade também exige a presença da Funai, que segundo os índios não têm contribuído para solução do impasse,

Os proprietários sempre alegaram que as aldeias ficam em Porto Murtinho e a fazenda em Bonito, onde não há registros históricos de existência de aldeia indígena.




gostaria de saber aonde o leitor jorge matos fez suas pequisa poia ate para a funai ,essa area nao e indigena, pois nao a gelrefernciamento da reserva waduel reconhecido pela funai . seu jorge antes de falar oque nao sabe ,almenos faças de barriga vasia ,pois quen te alimenta colocando comida na parteleira do supermercado nao eo indio pos eles nao cumpre afunçao social dele que e produsir
 
marcelo bertoni em 15/03/2011 01:42:56
é lastimavel como ainda acontece invasoes violentas em fazendas!
nao é possivel se admitir que pessoas que lutam, pagam impostos, trabalham, sejam vitimas de invasores que nunca foram proprietarios.
somos vitimas da impunidade, do descaso do poder publico e dos demais orgãos .
é preciso mudança!! justiça!! direito a quem tem direito! nao se pode admitir que um legitimo direito, seja violado! é um absurdo um proprietario ter que abdicar de suas terras por conta de invasores que nunca tiveram direito e nem provas para comprovar tal propriedade!
A justiça existe para dirimir o conflitos e determinar um ponto final num conflito, numa lide existente.
portanto, se existe uma liminar proferida ,essa deve ser cumprida!!
nao estamos mais no tempo da pistola,dos conflitos com armas de forma violenta,
somos seres humanos, civilizados!! pelo menos deveriamos ser, pois nao é na imposição, na força que se conseguem as coisas!

 
marina kroll em 14/03/2011 11:27:44
Desmatamento e terras indíginas no Brasil, só terão solução quando tivermos um governo sério. O que quer dizer sério nesse caso? Determinar decisões concretas e imediatas à respeito do assunto. Por exemplo: indio trabalha na terra e produz? Não! Então não precisa de terra! É necessário extrair madeira para a construção? Sim! Então determina o reflorestamento! Pronto!
 
Olices Trelha em 14/03/2011 11:25:44
Basta pegar os livros de historia regional e os documentos no Arquivo Publico de Cuiaba para saber que os indios estao mais do que certos.
 
Jorge Matos em 14/03/2011 11:18:41
em primeiro lugar, quem comentar deve provar! ondeserá que estao escondidas essas terras me mencionaram.. afff quem tiver 570 mil hectares é dono dde bonito inteiro..
mesmo que tivesse, é dono é realmente legitimo proprietario!!
alias, nao assiste de nenhuma razao, indios invadirem terras sem o menor pudor!![é um absurdo com os proprietarios que lutaram , pagam impostos terem nos dias de hoje suas terrras invadidas por quem nunca teve a posse, nem propriedade!
nao podemos ficar inertes diante do descaso e da falta de respeito que predomina!
vale ressaltar que dentre essas terras tem muitas que nunca foram terras indigenas!!!
portanto, tal invasao é totalmente descabida!
informo ainda que a presente fazenda ainda se encontra sob o dominio forcado e violento dos indios kadiweus!
nao podemos nos calar....
 
marina kroll em 14/03/2011 10:22:31
Temos que pensar na questão agrária com mais seriedade e resolver de uma vez por todas as pendencias. A questão agrária vem se arrastando desde os primórdios do Brasil, começando com um modelo de sesmárias que foi uma piada, passando pela lei da terra que foi uma baita sacanagem para manter o contingente de mão de obra barata e agora as medidas provisórias que acaba por gerar mais conflitos e desordem, insegurança. acabando por deixar de produzir e gerar riquezas e alimentos para o país.
 
Luciano Fontoura em 14/03/2011 03:03:25
para quem tem 570.000, ( quinhentos e setenta mil) hec. de terra, brigar po miseros 800 hec. é ridiculo.
 
edson pereira em 14/03/2011 02:36:13
Me desculpem,mas indio quer terra pra que?pois não trabalha,não produz nem o que come,basta ver o que é feito com a terra que eles ja tem,tudo arrendada,pelo menos é arrendada para quem produz.
 
joao jarbas em 14/03/2011 01:10:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions