A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/10/2014 17:02

Jovem acusa vizinho de ferir cão a tiro

Liana Feitosa
Tutor de cachorro afirma que animal já sofreu agressões causadas por faca. (Foto: 94 FM)Tutor de cachorro afirma que animal já sofreu agressões causadas por faca. (Foto: 94 FM)

Em Dourados, município a 233 km de Campo Grande, empresário atirou contra um cachorro por não gostar de animais, segundo o tutor do cão, Gabriel dos Santos Félix, 21 anos, morador da Vila Santo André. De acordo com o site 94 FM, o jovem acusa o homem, dono de um pesqueiro próximo à Escola Ramona Pedroso porque, ao ouvir o tiro, identificou que o som teria origem na casa do empresário.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

Ao voltar do futebol, por volta das 23h, Gabriel abriu o portão e o cachorro saiu. Ele, então, ficou na calçada de casa esperando que o cão voltasse quando ouviu um tiro e correu em direção ao som do disparo.

Na rua, Gabriel relata ao site 94 FM que só encontrou o dono do pesqueiro, que não quis conversar. De acordo com Gabriel, o filho do acusado disse que o pai confessou a autoria do disparo. “Ele [o filho] me disse que o pai confirmou que deu o tiro e ficou bravo porque errou, porque era para matar”, contou.

Violência - Para Gabriel, familiares e vizinhos dele, a agressão ocorreu porque o empresário acusado não gosta de animais. “Ele fala para quem quiser ouvir que detesta gato, cachorro ou qualquer bicho. Muito me espanta é ele ter um pesqueiro e o filho cursar medicina veterinária”, afirmou.

O cachorro foi medicado e passa bem. O tutor do animal afirma que outras situações de agressão já aconteceram e o cão apresentou, inclusive, feridas à faca. Segundo o site 94 FM, a equipe de reportagem tentou falar com o acusado, mas não obteve retorno.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions