A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

30/07/2014 12:28

Jovem de 19 anos confessa que esfaqueou taxista e incendiou carro

Caroline Maldonado
Rapaz incendiou o carro após o assalto (Cido Costa/Dourados Agora)Rapaz incendiou o carro após o assalto (Cido Costa/Dourados Agora)

Um jovem de 19 anos confessou ter assaltado e ateado fogo no carro de um taxista, de 55 anos, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. Preso pelo SIG (Setor de Investigação Geral), Tiago P. Souza, disse que só queria “assustar para pegar o carro”, conforme informou a polícia ao jornal Dourados Agora.

O rapaz, que é acusado de agredir a vítima com golpes de faca e, em seguida, atear fogo no carro, por volta da meia noite de segunda-feira (28), foi ouvido nesta manhã na delegacia.

"Eu fui, peguei o carro, bati num buraco e meti fogo", disse o jovem à polícia. Em seguida, ele foi para o Jardim Guaicurus e pretendia levar o veículo tomado em assalto para o Paraguai, ainda conforme o jornal. Como sofreu o acidente, Tiago resolveu incendiar o táxi.

Segundo a polícia, quando era menor Tiago cumpriu medida de ressocialização na Unei (Unidade Educacional de Internação) por latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte, em 2012. Na época, a vítima, um senhor de 77 anos, teve parte da aposentadoria roubada. Tiago disse que o homem era um conhecido e que não era amigo dele. "Ninguém tem amigo, amigo é pai e mãe", afirmou.

O taxista assaltado na segunda-feira, levou uma facada no rosto ao reagir ao assalto. Ele conseguiu escapar do agressor e foi socorrido por pessoas que passavam pelo local. Em seguida, a vítima foi encaminhada ao hospital pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

De acordo com o jornal Dourados Agora, o assaltante pediu uma corrida até o Jóquei Clube. A vítima seguiu com o suposto cliente, que pediu para voltar para o bairro Parque das Nações I, onde iria à casa de um amigo. Na região da Escola Tancredo Neves, o rapaz desceu do taxi e entrou numa residência. Quando voltou, ele anunciou o assalto.

Apuração no HR conclui que não houve 'falha ética' em mortes no local
Uma investigação interna realizada pela direção do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande para apurar a mo...
Carreta da Justiça oferecerá serviços a partir do próximo dia 13
Carreta da Justiça, programa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) que oferece serviços do judiciário de forma gratuita, chegará ao mun...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions