A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

19/04/2012 18:49

Justiça autoriza médico acusado de mutilar pacientes a exercer profissão

Nadyenka Castro

Decisão suspende prorrogação de interdição cautelar do CRM

Uma das mulheres operadas por Alexsandro. (Foto: Marcelo Victor/ Arquivo)Uma das mulheres operadas por Alexsandro. (Foto: Marcelo Victor/ Arquivo)

Decisão da 4ª Vara da Justiça Federal, em caráter liminar, autoriza o médico Alexsandro de Souza, acusado de mutilar pacientes durante cirurgias plásticas, em Fátima do Sul, a voltar a exercer a profissão.

Segundo o advogado Leandro de Moura Moura, a decisão judicial determina que o CRM (Conselho Regional de Medicina) suspenda os efeitos da prorrogação de interdição cautelar de Alexandro. Com isso, ele pode voltar a exercer a medicina. A determinação é do dia 10 de abril e foi publicado em Diário Oficial nesta quinta-feira.

Alexandro foi impedido pelo CRM de atuar como médico em 2010. A decisão foi prorrogada. O diploma dele também havia sido cassado.

O médico é acusado de ser o responsável pela morte de uma jovem de 24 anos, ocorrida após uma cirurgia de lipoaspiração em junho de 2008, em Fátima do Sul, e ainda, de mutilar mulheres submetidas à cirurgias plásticas.

Alexsandro responde a um processo criminal e outro administrativo junto ao CRM/MS, que corre em segredo de justiça. A especialidade do médico é cirurgia geral.




Concordo com a Celi Barbosa quanto a restauração das cirurgias feitas pelo RONDON , que "satisfez" a estética de muitas mulheres amigas do poder e que não foram vítimas do médico. Eu fiz a cirurgia mas tive que armar um barraco para ser atendida, no Hospital Regional. Consegui porque meu marido chamou a imprensa e denunciou o caso. E quem não fez, como fica? Já faz 12 anos que os médicos vieram..
 
Katerine Rose Galharte em 24/04/2012 12:35:00
Do jeito que as coisas estão caminhando... o próximo passo é o Dr "Xxx" (com apoio da Justiça) processar as pessoas (que foram mutiladas e parentes das que morreram) que falaram mal dele. Pode esperar que o Dr irá pedir uma boa inidenização dos que reclamaram dele. E pode esperar também... que muito provável irá ganhar.
Sinceramente... a definição de JUSTIÇA no dicionário ñ condiz com a realidade
 
Nivaldo Silva em 20/04/2012 11:07:02
Cabe à população fazer a livre escolha de ser atendida por ele ou não. Deixa ele abrir o consultório, vamos contar os corajosos!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
 
Ana Maria Rodrigues em 20/04/2012 10:51:00
ACHO QUE JÁ PASSOU DA HORA DO PODER JUDICIARIO REVER SEUS CONCEITOS SOBRE O QUE É CERTO E O QUE É ERRADO E UTILIZAR O PODER DISCRICIONARIO EM FAVOR DO JUSTO PARA EVITAR OS ABSURDOS DA LEI PROTEGENDO BANDIDOS. QUE FASE ESTA DO JUDICIARIO BRASILEIRO. SÓ DEUS NOS SALVA.
 
Antonio Silva em 20/04/2012 10:22:44
As pessoas andam cada vez mais desanimadas, carentes de fé e esperança.
Difícil convencê-las a pensar de uma forma mais positiva quando a cada dia nos deparamos com situações tristes e absurdas.
 
thiago flavio em 20/04/2012 10:19:30
TEM GENTE PRA TUDO MESMO, E PRA VER QUE JUIZES NOS TEMOS, E TEM OUTRA ESTE MEDICO DEVERIA PAGAR OS ONORARIOS DESTE ADVOGADO DE DEFESA COM UMA CIRURGIA PLASTICA PARA A ESPOSA. DELE ...!
 
jeziel oliveira em 20/04/2012 08:24:08
QUAL MESMO É A PROFISSÃO DESSE CAMARADA AI? CIRURGIÃO PLASTICO? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ESSA FOI A PIADA DO DIA, AINDA BEM QUE E SEXTA-FEIRA NÉ? AI ESTA A PROVA DE QUE REALMENTE A JUSTIÇA É CEGA NE?
 
nikko flores em 20/04/2012 07:35:57
Meu Deus!!!
Como o judiciário faz isso?!
Realmente, a justiça é cega.
Não tenho o que dizer!
 
Ivete Cristaldo em 20/04/2012 07:33:39
São coisas assim que enobrecem e elevam o nivel do judiciario nesse país, parabens Senhor Juiz ou Juiza por mais esse absurdo.
 
Edymar Mamede em 19/04/2012 10:31:05
simples...é ninguem procurar esse "profissional" para atendimento, logo ele mudara de profissao..simples assim, temos que entender que o poder de escolha é nosso.
 
soraya r alfonzo em 19/04/2012 09:58:39
Seria bom espalhar placas pela cidade inteira, ou cartazes com a cara desse médico, servindo de aviso para as pessoas, dizendo que: "esse doutor não opera ninguém - quando não deixa a pessoa mutilada, ele mata"!!
 
Joanne Pereira em 19/04/2012 09:50:42
misericórdia.........
 
dora albuquerque em 19/04/2012 08:34:40
MEU DEUS,TENHA MISERICORDIA DE NÓS MEROS SERES NORMAIS, SUJEITOS A ESSE TIPO DE PESSOA ONDE ATÉ A JUSTIÇA APÓIA....
 
silvia dos santos pereira em 19/04/2012 07:29:17
O caso "RONDON" se repete....Naquela época , para calar a boca das pacientes mutiladas,o governador Zeca do PT, fez uma parceria fajuta com o Ministério da Saúde. Pois bem, atenderam umas .... e as outras estáo até hoje sem resposta. Secretaria da mulher? Nunca se manifestou.... Pelo menos , eu nunca soube, nunca fui avisada de nada ...e olha que já fui atrás...Mas, ainda creio na justiça DIVINA!!
 
Celi Barbosa Costa Silva em 19/04/2012 07:26:29
taí,uma injustiça pra com o povo.seria bom todos da justiça ser paciente deste "profissional" não é mesmo?
 
valdenir nunes em 19/04/2012 07:08:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions