A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/04/2014 16:04

Justiça decreta prisão preventiva de mulher que matou e esquartejou marido

Aliny Mary Dias

A Justiça decretou ontem (2) a prisão preventiva da comerciante Ana Areco, 56 anos, suspeita de matar, esquartejar e esconder o corpo do marido Luis Ramão Ferreira, de 48 anos, em Nioaque, distante 179 quilômetros da Capital. O caso ocorreu no último dia 27 de março e a mulher contou à polícia que usou faca e marreta para cometer o crime.

Veja Mais
Mulher mata marido e guarda corpo esquartejado dentro de freezer
Trecho da BR-163 é liberado após um mês de obras de recuperção

De acordo com o delegado Fábio Brandalise, o pedido de prisão preventiva foi apresentado pela Polícia Civil e aceito pela Justiça ontem. Ana deve ficar detida por tempo indeterminado. O caso segue sob investigação e várias pessoas continuam sendo ouvidas na delegacia.

Em depoimento, a mulher contou que matou o marido para se defender de agressões constantes. Após uma discussão, os dois começaram a lutar. Para se defender ela pegou uma marreta que guardava sobre a geladeira e deu três golpes na vítima, que ainda tentou a atacar com uma faca.

Ela tentou fugir para o quarto e Luis foi atrás, momento em que deu mais dois golpes de marreta na cabeça da vítima, que continuou a reagir. Ela então pegou uma faca e o matou com um golpe no pescoço.

O corpo do homem foi esquartejado e colocado em sacos plásticos. As partes do corpo foram guardadas em um freezer que fica na sala da casa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions