A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

16/01/2013 07:47

Justiça determina prisão de empresário acusado de molestar menina de 11 anos

Francisco Júnior

O Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, determinou a prisão de um empresário de Naviraí acusado de molestar sexualmente uma menina de 11 anos de idade , filha de seu funcionário.

Veja Mais
Com destino a São Paulo, jovem é preso com 60 kg de cocaína
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil

Segundo site Ta Na Mídia Naviraí, o caso estava sendo investigado sobre segredo de justiça desde setembro do ano passado. O pai da menina que na época do acontecido trabalhava para o empresário já a vários anos, e sua filha convivia frequentemente na casa do acusado, onde ela chegava a ajudar a cuidar da neta do empresário.

No dia 17 de Setembro de 2012, o pai viu uma mensagem obscena no celular da filha e ao retornar a ligação ao número que mandou a mensagem, quem atendeu foi o seu patrão. O pai de imediato denunciou o caso na Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM).

A delegada da DAM ouviu a menina que em depoimento contou que desde o final de 2011 até aquela data vinha sendo assediada pelo empresário.
.
A delegada prosseguiu com as investigações e na data do dia 25 de setembro, pediu a prisão do empresário, que foi negada pelo Juiz de Naviraí. O caso então seguiu para a promotoria de Naviraí a qual encaminhou o caso para o Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, onde foi analisado pelos desembargadores que optaram pela prisão do empresário, sobre o crime de estupro de vulnerável.

Na tarde de ontem, terça-feira (15), Policias do SIG da Delegacia de Polícia Civil de Naviraí comprimiram o mandado de prisão e prenderam o empresário momento em que o mesmo descansava em sua chácara localizada nas proximidades da cidade.

Após ser realizada a prisão, o empresário foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, onde posteriormente foi encaminhado para o Presídio local, onde ficará a disposição da Justiça. Se condenado o empresário pode pegar uma pena de 08 a 15 anos de reclusão.

Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



Dias atras um homem foi pega no motel com uma menina de 11 anos so pagou uma fianção e foi emborra...a justiçao de veria ser igual para todos.
 
luiz carlos em 16/01/2013 08:27:20
juiz fraco e sem personalidade, esse já deveria ter determinado a prisão mas como se trata de um empresario o caso seguiu ao TJ/MS, e se o caso ocorrido fosse ao contrário, o empregado já estaria preso aguardando julgamento não é verdade MM, juiz?
 
edilson pereira da silva em 16/01/2013 08:25:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions