A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

05/07/2013 07:15

Mãe diz que abandonou filho em terreno porque namorado é racista

Francisco Júnior

A Polícia Civil identificou a mãe que abandonou uma criança no último sábado (29), em Dourados, em um terreno baldio localizado no cruzamento das ruas Francisco Luis Viegas com Joaquim Alves Taveira, na Vila Icassati.

Veja Mais
Segunda fase do Enem acontece amanhã e domingo; 488 pessoas participam em MS
STF investiga contas de Geraldo e quer depoimento até de ex-prefeito morto

A mãe, de 22 anos, só foi identificada depois que a irmã dela foi até o abrigo para onde a criança foi levada.

Segundo o site Dourados Agora, em depoimento, a jovem confessou que foi ela quem deixou a criança no terreno baldio. Afirmou que tomou essa decisão porque o namorado não aceita o menino por ele ser negro.

Antes de contar o que de fato aconteceu, a jovem ainda chegou a apresentar duas versões: uma que teria deixado o filho com o irmão, que abandonou a criança; e outra que o pai biológico teria ficado com o filho.

Ela foi autuado por abandono de incapaz. Após prestar depoimento foi liberada pela Polícia. A criança permanece no abrigo.




Abandonou em um matagal agora abandonou num abrigo! Está na hora do Brasil ser mais rigoroso nas punições. Azar que as cadeias estejam cheias, vai apertando que sempre cabe mais um!
 
João Dias em 05/07/2013 21:21:06
concordo plenamente Rodolfo Lopes, doeu muito saber q essa mulher esta livre, como se nada tivesse acontecido.
 
Roselayne Alves em 05/07/2013 14:15:34
O que mais dói na reportagem é "Após prestar depoimento foi liberada pela Polícia" que país é esse o senhor Delegado de policia poderia complicar um pouco mais ou não poderia?.se fosse outro crime como vandalismo em passeata teria uma boa fiança. É uma pena que a vida humana de um incapaz não vale nada e isso precisa mudar.
 
RODOLFO DA SILVA LOPES em 05/07/2013 11:58:04
Que assim seja Ana Paula!
 
Cassiano Jorge em 05/07/2013 10:46:04
Sem vergonha!!!
 
Ado Filho em 05/07/2013 09:33:15
Vamos aguardar essa moça fazer mais quantos filhos e jogar no mato, essa é a lei.
Saiu sem nenhum problema da delegacia, nem se quer pagar uma fiança num valor
de custo do filho por mês. Pensa se um médico fizer a ligação de trompas em uma
moça como essa que é "exemplo de mãe" peder o CRM na hora quando ela, pois a
criatura devido a idade tem todo o direito de gerar outro filho com outro companheiro, e se o outro companheiro não gostar da cor amarela? E viva o "Tiquinho".
 
Silvana Silveira em 05/07/2013 09:07:38
Que nojo...mulherzinha sem escrúpulo,sem caráter...
Deus abençoe, que esta criança ache um lar e pais que deem o amor e cuidado que ele merece e seja um homem de bem e encha de orgulho todos a sua volta,que esta triste passagem de sua vida sirva de lição para que ele seja totalmente o oposto desse monstro que nem merece ser chamada de mãe.
 
ana paula ribas em 05/07/2013 08:30:29
DÁ LICENÇA EM MINHA SENHORA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!






NEI SALVIANO
 
nei salviano em 05/07/2013 08:17:19
Eu fico indignada com essa lei, isso nem se pode chamar de mãe. Filho é uma dádiva de Deus, amo meu filho e não troco por ninguém, agora falar que namorado não aceita porque é racista? Isso pra mim não é ser mãe é uma safada que merece uma surra.
 
Franciely Moreira em 05/07/2013 08:01:41
Então um namorado racista que já provou com atitude que não tem sentimentos (já que sabia que tinha um filho e não aceitou), é mais importante que o próprio filho?? Nossa que "mãe" é essa??
Essa criança se voltar p/ a mãe pode ser abandonado de novo, pois abandonou por qualquer coisa (por um ignorante racista). Tinha que fazer serviços comunitários num orfanato p/ ver o que é ser uma criança abandonada.
 
Ly Souza em 05/07/2013 07:59:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions