A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

07/12/2010 23:14

Mãe que matou recém nascido em Jateí cumprirá pena em liberdade

João Humberto
Valdenice da Silva, 20 anos, cumprirá pena de 3 anos em liberdade. Foto: Luiz Fernandes.Valdenice da Silva, 20 anos, cumprirá pena de 3 anos em liberdade. Foto: Luiz Fernandes.

A jovem Valdenice da Silva, 20 anos, acusada de ter matado o filho, logo após o parto, no dia 6 de março de 2008, foi sentenciada a cumprir três anos de prisão com pena privativa de liberdade e 120 dias de multa.

Conforme apurado pelo Fátima Informa, Valdenice tinha 18 anos quando o crime aconteceu, por volta das 2h, na Fazenda Comendador Gentil Geraldi, no município distante 25 km de Fátima do Sul.

Logo após dar a luz, Valdenice começou a espancar a criança, causando lesões corporais no bebê. Laudo necroscópico apontou que as agressões teriam causado a morte do menino.

Depois de matar o filho, Valdenice ainda teria destruído parcialmente o cadáver da criança. Em depoimento à polícia, a jovem admitiu que sufocou a criança com um cobertor.

Após sufocar o bebê, ela tentou se livrar do corpo jogando-o numa vala que servia de lixeira, e pediu ajuda ao pai da criança para atear fogo num entulho. De acordo com reportagem do portal Fátima Informa, o marido de Valdenice não sabia que no entulho estava o filho.

O corpo da criança foi descoberto pela mãe de Valdenice. A jovem também admitiu ter matado a criança antes de queimar o corpo. A família, que vivia em uma fazenda de Jateí, desconhecia a gravidez.

A ré respondeu por infanticídio, destruição, subtração ou ocultação de cadáver e concurso material.




Isso é uma vergonha para nos, deixar uma mulher dessa em liberdade, tanta mulher querendo ser mãe e nao pode,justiça pelo amor de deus.
 
maria shirley b barros em 08/12/2010 11:51:35
Essa desalmada é pior que um animal...poderia ter o ocorrido acontecido no Oriente Médio, e aí as leis são severíssimas.
 
antonio valteir em 08/12/2010 11:22:01
uma pessoa que mata um inocente, é capaz de tudo tbm sou a favor da pena de morte e pra este tipo de assassinato deveria ser a pior morte tbm.
 
Patricia em 08/12/2010 11:14:41
Que decepção!!! Um ser indefeso, recém-saído de dentro dela, ser morto dessa forma vil, covarde e estúpida, e ainda por cima essa "mãe" (?!) ficar livre? Estou decepcionada, porém..., ela estará livre aqui, na justiça falha dos homens, mas na justiça de Deus, ah... não há como escapar. Da consciência não podemos fugir. E como disse o bom e velho Chico "a cada um, segundo as suas obras."
 
Regina Lima em 08/12/2010 11:13:36
e..., mate um passarinho pra vc ver, mas um bebe, ha isso nao e nada, e so um bebezinho de apenas alguns minutos de vida, quer dizer de clarao, porque nem mesmo a luz ele teve tempo de apreciar. he, sao os principios, cada vez vamos se distanciando de nossas vidas, e asleis dos homens, cada vez mais ofuscas, mas a lei divina, ha essa nao falha, essa mae, se e que podemos chama-lo, da lei divina ela nao escapa.
 
Antonio Garcia em 08/12/2010 11:11:09
Acho que nós seres humanos, não temos o direito de julgar, mais nós mães, que sabemos o que é o amor para com um filho ficamos indignadas perante uma injustiça da justiça brasileira. Mais acho ainda que ela deve sentir no coração uma tristeza muito grande por ter feito isso, com um ser tão indefeso.
 
JOANA DARC CORREA em 08/12/2010 10:47:52
A autoridade que proferiu tal sentença não deve ser pai...Que vergonha para o poder judiciário! Realmente só Deus é um justo juiz.
 
Lucas Gomes Andrade em 08/12/2010 09:17:49
Essa é a Lei Brasileira, a indecente mata um recém nascido que não tem a mínima condição de defesa, com crueldade, e pega somente 3 anos e ainda em liberdade. Por isso que todo mundo mata, no transito, nas festas, em qualquer lugar e por qualquer motivo, pois, sabe que vai ficar em liberdade, que a Lei é ridícula. Engraçado que quando se assalta a casa do prefeito, ou se mata um parente de um magistrado, a Lei funciona. Esse é o BRASIL!!!!!!!!!!!!!!
 
MARIO em 08/12/2010 08:20:04
Essa é a justiça...
uma desalmada dessa mata uma criança indefesa e a Linda Justiça do nosso País acha que ela tem direito a cumprir pena em liberdade...
é por isso que sou a favor da pena de morte no Brasil uma pessoa dessa não merece ter vida.
 
Viviane Araujo em 08/12/2010 08:10:43
Isso é um absurdo, ela matou um ser q ñ pode se defender e cumpre pena em liberdade............
 
Damiane Martins de Lima em 08/12/2010 07:36:18
Pra mim está inútil não vale nada,eu nesta hora adoraria ser agente penitenciario dava tanto na cara desta porca,e a justiça deveria esta cega por nao deixar um tipo de mulher dessa na rua,enfin um dia ela vai pagar por tudo,deus não dorme.............
 
Daniella gomes em 08/12/2010 05:04:36
tambem tive um bebe em julho estou com depressão pos parto mais isto não justifica tal violencia se ela não queria a criança porque não deu pra adoção pelo menos ele iria ser bem amado ela é uma monstra.............tinha que ser presa sim
 
sueli gomes em 08/12/2010 04:43:11
Nem sei mas o que pensa desse mundo...espero que a justiça de Deus funcione e mate de remorço essa desalmada mãe,pois a justiça do Brasil não existe.
 
Nathalia Soares em 08/12/2010 03:39:52
Parabens , parabens .É só o que posso dizer , pois não se tem palavras ,para descrever atitudes iguais a esta .Bom o Dificil é dizer o que é pior , o crime , ou decisão da justiça.
 
Fabio Silva em 08/12/2010 03:17:12
Que isso qu justiça é essa nossa onde a pessoa destroi uma vida e nao vai pra cadeia que pouca vergonha da vontade de se matar num mundo cheio de violencia e injusticas.
 
Marcos Vinicius em 08/12/2010 03:13:33
não sei se meu comentário mudaria alguma coisa....mas da licença neh!!!!!
nosso país não tem lei, passamos por tantos roubos e desafetos justamente por não existir impunidade..falta de amor ao próximo (e põe próximo dessa mãe) a falta desse sentimento que acaba com nosso pais,
 
MARIA ISABEL SODRE em 08/12/2010 03:08:04
Considero que a matéria mostrou-se incompleta, quando não deu detalhes da sentença que poderiam justificar tal veredicto. Seria importante que todos, antes de tecerem críticas vorazes, procurassem conhecer um pouco sobre o o estado de PUERPÉRIO e suas previsões no Código Penal. Assim como considero importante que o veículo considere e comente sobre os motivos que levaram ao ato insano e também ao veredicto.
Julgar é muito fácil, difícil mesmo é buscar causas para consequências tão dramáticas como a desse crime.
 
Guto Dobes em 08/12/2010 02:20:24
Isto é um verdadeiro absurdo e, ela esta solta para fazer + filhos e matar novamente, esta pessoa devia sair de circulação o mais breve possivel, infelismente não posso fazer nada, só assistir a decisão de nossa justiça, que justiça é esta?
 
Mirtes Lourenço em 08/12/2010 01:34:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions