A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

17/12/2013 13:17

Marun diz que residencial que será entregue em Corumbá foi obra mais difícil

Leonardo Rocha
Marun ressalta que apesar de contratempos, obra em Corumbá será entregue hoje (Foto: Cleber Gellio)Marun ressalta que apesar de contratempos, obra em Corumbá será entregue hoje (Foto: Cleber Gellio)

O secretário estadual de habitação, Carlos Marun, afirmou que as 172 unidades habitacionais que serão entregues hoje, em Corumbá, e que encerra a última etapa do Residencial Guató, foi uma das obras mais difíceis de sua administração.

Veja Mais
Governador libera R$ 7,8 milhões em emendas e entrega casas em Corumbá
Conhecida como 'Cidade do Peixe', Itaporã comemora 64 anos neste sábado

“Houve uma questão jurídica em relação à área onde foi construído o residencial, já que antes o governo havia doado terreno para prefeitura, mas já que não foi cumprido o objetivo, retomamos a área”, explicou o secretário.

Marun ainda destacou que houve dificuldades até na construção do residencial, já que o local estava em solo rochoso. “A obra durou cerca de dois anos e meio para ser concluída, mas estamos contentes com as famílias que serão beneficiadas”.

O residencial Guató teve um investimento de R$ 22.962.395,00 para construção de 1.200 casas. A obra faz parte do Programa MS Cidadão – Casa da Gente que conta com dois projetos: Casa de Polícia e Meu Lar. O primeiro atinge os policiais de Corumbá e Ladário.

O governador irá entregar hoje, a partir das 15h, as 172 moradias que irão completar o Residencial Guató. Esta última fase custou R$ 3, 26 milhões ao governo estadual.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions