A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

22/10/2016 09:04

Médico e transferência para presídio teriam motivado motim em delegacia

Luana Rodrigues
Presos destruíram paredes e grades de celas. (Foto: Direto das Ruas)Presos destruíram paredes e grades de celas. (Foto: Direto das Ruas)

O motim realizado por presos na noite desta sexta-feira (21), na delegacia da Polícia Civil de Chapadão do Sul, teria ocorrido depois que os detentos exigiram a presença de um médico no local e a transferência deles para um presídio.

Conforme informações da Polícia Civil, os presos começaram a ficar agitados depois que um deles pediu a presença de um médico no local e não foi atendido. O detento seria Cristiano Paulo Costa, preso por volta de 19h30 de ontem.

Muito nervoso, Cristiano teria começado a se debater contra as grades da cela, o que fez com que outros presos começassem a quebrar as duas celas da delegacia em que estavam, exigindo a transferência de cada um deles para uma penitenciária.

No momento em que ocorreu o quebra-quebra havia apenas um policial na delegacia. A PM foi acionada e teve que entrar na carceragem usando dois capôs de veículos como escudo, pois os presos estavam jogando blocos de concretos que tiraram das paredes da delegacia.

Além das paredes, os presos quebraram câmeras, destruíram grades e atearam fogo a colchões e beliches.

Como as celas ficaram destruídas, os detentos foram colocados em uma cela da delegacia destinada a mulheres. Uma mulher que está presa precisou ser colocada noutro espaço da delegacia, conhecido como “corrá”, onde o banheiro não funciona, já que homens e mulheres não podem ficar presos juntos.

Conforme informações apuradas pelo Campo Grande News, os 18 presos agora estão amontoados em uma cela que comporta apenas oito pessoas e ameaçam fazer um novo motim, caso não sejam transferidos. A

Durante motim, presos ateiam fogo em delegacia e quebram grades de cela
Na noite de ontem (21), 18 presos iniciaram um motim na delegacia de Chapadão do Sul, distante 321 km de Campo Grande e quebraram beliches, atearam f...
Homem que cumpria pena no semiaberto é executado a tiros; autor fugiu
Foi morto a tiros nesta segunda-feira (20) em Rio Negro - cidade localizada a 144 km de Campo Grande - Norimar Gastão Dutra Junior, de 28 anos. O cri...
Apresentações do projeto 'Um poeta na cidade' acontecem na quinta-feira
Caarapó - cidade localizada a 283 km de Campo Grande - recebe na próxima quinta-feira (23) o projeto "Um poeta na cidade", de Emanuel Marinho. O proj...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions