A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

17/07/2012 08:19

Motorista que atropelou e matou dois em Corumbá recebe alta e vai para presídio

Francisco Júnior
Após atropelar os dois homens, motorista fez manobra e ônibus colidiu contra outro coletivo. (Foto: Diário Online)Após atropelar os dois homens, motorista fez manobra e ônibus colidiu contra outro coletivo. (Foto: Diário Online)

Claudinei Costa, motorista do ônibus de turismo que atropelou e matou Davison da Silva, 25 anos, e Vítor Pedro de Barros, 26 anos, recebeu alta do hospital onde estava internado e encaminhado para o Estabelecimento Penal Masculino de Corumbá. Ele ficou internado por quase dois na Santa Casa da cidade.

Veja Mais
Segunda fase do Enem acontece amanhã e domingo; 488 pessoas participam em MS
STF investiga contas de Geraldo e quer depoimento até de ex-prefeito morto

De acordo com o site Diário Online, ele, além de atropelar os dois homens no dia de 30 de abril deste ano, no distrito de Albuquerque, também teria "jogado" o ônibus contra outro coletivo que seguia em sentido contrário. Por conta da colisão, Claudinei sofreu uma lesão no quadril e várias fraturas. Ele chegou a ficar preso às ferragens do veículo.

Na última semana, o motorista recebeu alta da unidade de saúde e deve aguardar julgamento no presídio local. O advogado de defesa de Claudinei já tentou, várias vezes, transferir o cliente para a cidade de Concórdia, no estado de Santa Catarina, onde tem família, porém teve os pedidos negados pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Corumbá, Eguiliell Ricardo da Silva.

Conforme o site, testemunhas disseram que Claudinei estaria embriagado e, momentos antes de assumir a direção do ônibus, ameaçado os donos da boate onde estava consumindo bebida alcoólica, chegando inclusive a entrar de ré na fachada do estabelecimento.

A principal tese sustentada pela defesa do motorista é de que alguém teria colocado alguma substância na bebida dele. Porém, o exame toxicológico foi indeferido pelo juiz, em decisão do último dia 08 de junho.

O Ministério Público ofereceu denúncia contra Claudinei ainda no mês de maio, pela prática de duplo homicídio triplamente qualificado, duas duplas tentativas de homicídio duplamente qualificado, e uma tentativa de homicídio triplamente qualificado, envolvendo atendentes da boate que ele tentou atropelar, as duas vítimas fatais (garçons) e o condutor do ônibus com o qual ele chocou-se na estrada rural.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions