A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

04/12/2013 14:29

MPF denuncia ex-prefeito por não aplicar R$ 61 mil no combate à violência

Lidiane Kober

O MPF (Ministério Público Federal) ajuizou ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Paranaíba José Garcia de Freitas, o Zé Braquiara (PDT). Ele é acusado de omissão no cumprimento de Acordo de Cooperação Federativa, que destinou ao município mais de R$ 61 mil do Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência contra as Mulheres.

Veja Mais
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento

O Acordo de Cooperação, assinado em 2009, previa o repasse de verba federal para a criação de um Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Paranaíba. O montante seria destinado para aquisição de veículo, móveis e equipamentos e, em contrapartida, a prefeitura disponibilizaria imóvel e servidores para a instalação do projeto.

Os materiais foram adquiridos e entregues em 2011, mas o Centro de Referência não saiu do papel. Mesmo notificada três vezes, a administração municipal permaneceu omissa. Segundo o ex-prefeito, “o quadro de servidores públicos municipais estaria defasado”, mas, para o MPF, nada impedia o deslocamento temporário de servidores para atender a demanda.

Na visão do órgão, “fica evidente que Zé Braquiara deixou de praticar, indevidamente, atos de ofício, tratando-se não de uma mera omissão simples, ou isolada, mas sim de uma omissão qualificada, porque dolosa, duradoura, injustificada e decorrente do não cumprimento de obrigações espontaneamente assumidas pelo próprio obrigado”.

Se a ação for julgada procedente, José Garcia de Freitas pode ter os direitos políticos suspensos por mais de quatro anos; pagar multa de, no mínimo, três vezes o valor da última remuneração recebida; e ser proibido de receber benefícios ou incentivos fiscais.

Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions