A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

06/11/2013 16:15

MPF e outros órgãos combatem práticas abusivas do comércio em aldeias

Filipe Prado

Ação coordenada pelo MPF (Ministério Público Federal) fiscalizou estabelecimentos comerciais, que ficam nos arredores das Aldeias Bororó, Jaguapiru e Pabanambinho, na região de Dourados, após denuncias de práticas abusivas aos consumidores.

Veja Mais
Bombeiros resgatam jiboias encontradas em universidade
Menino de 10 anos morre afogado durante banho de rio com os pais

A Funai, Inmetro, Procon, Vigilância Sanitária, Secretaria de Finanças Municipal e Força Nacional acompanharam o MPF durante a operação, que resultou em apreensão de alimentos inadequados para o consumo, análise de preços e quantidades dos produtos ofertados aos indígenas.

O objetivo, segundo assessoria, é acabar com práticas abusivas que estão acontecendo nos comércios da região, como a retenção de cartões pessoais dos indígenas, como forma de garantia de pagamento.

As ações também ocorrerão dentro das aldeias. O MPF relata, segundo assessoria, que a prática, além de violar os direitos do consumidor, também configura crime e gera dano moral à coletividade indígena. Após as fiscalizações, ações criminais e cíveis podem ser ajuizadas pelo MPF contra os comerciantes notificados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions