A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017

21/11/2012 09:44

MPF pede investigação sobre córrego contaminado

Marta Ferreira
Indigena mostra espuma no leito de córrego em Paranhos. (Foto: Divulgação)Indigena mostra espuma no leito de córrego em Paranhos. (Foto: Divulgação)

O Ministério Público Federal em Ponta Porã pediu ontem (20) à Polícia Federal a instauração de inquérito para investigar possível contaminação do córrego que é a principal fonte de água da comunidade indígena Ypo´i,, localizada em Paranhos, região sul do estado. O MPF também pede que seja designado, com urgência, equipe profissional que realize perícia na água.

Os índios informaram à Funai, no dia 14 de novembro, que o córrego amanheceu com uma espuma espuma branca na superfície. Fotografias e filmagens feitas pelos indígenas que estavam no local foram encaminhadas ao MPF. Uma amostra da água supostamente contaminada também foi entregue.

O material e o depoimento da liderança indígena que fez a denúncia foram encaminhados à Polícia Federal.
Se for confirmada a contaminação da água, os autores podem responder pelos crimes de envenenamento ou poluição de água potável (artigos 270 e 271 do Código Penal, respectivamente). As penas podem chegar a 15 anos de prisão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions