A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

16/05/2015 15:32

MS busca R$ 1 bi do Banco Mundial para trocar pontes de madeira

Anúncio foi feito neste sábado por Reinaldo Azambuja; segundo ele, investimento faz parte do projeto para melhorar infraestrutura

Helio de Freitas, de Dourados
Reinaldo disse que ainda em maio envia à AL o projeto de lei reduzindo para 12% o ICMS sobre o diesel (Foto: Eliel Oliveira)Reinaldo disse que ainda em maio envia à AL o projeto de lei reduzindo para 12% o ICMS sobre o diesel (Foto: Eliel Oliveira)

O governo de Mato Grosso do Sul busca empréstimo de valor superior a R$ 1 bilhão do Banco Mundial para investir em infraestrutura logística em rodovias e para substituição de pontes de madeira por concreto.

Veja Mais
Reinaldo abre Expoagro com discurso otimista e diz que MS é maior que crise
Expoagro começa sexta e organização espera público de 60 mil em dez dias

A afirmação foi feita neste sábado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ao participar da abertura da 51ª Expoagro em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

“Precisamos aumentar nossa competividade e não tem mais como conviver com essa situação de ficar fazendo manutenção em ponte de madeira, que custa muito para a sociedade, pois é paga com o dinheiro dos impostos”, afirmou Reinaldo.

ICMS do diesel – O governador afirmou aos produtores rurais presentes no Parque de Exposições João Humberto Andrade de Carvalho que ainda neste mês vai encaminhar para a Assembleia Legislativa o projeto dei lei para reduzir de 17% para 12% o ICMS sobre o óleo diesel.

“Isso é discutido aqui no Estado, pelo que me lembro, há mais de anos. Nós vamos reduzir o ICMS do diesel, igualando aos demais estados, para que haja mais competividade. E pedimos que o setor de combustíveis faça isso chegar na bomba”, disse ele.

Segundo ele, a redução do ICMS vai provocar uma perda de R$ 160 milhões aos cofres do Estado de junho a dezembro, mas disse estar confiante que a medida ajudará Mato Grosso do Sul a retomar a abertura de postos na beira de rodovias e ganhar mais competitividade no segmento de transportes.

Energia elétricaReinaldo Azambuja também anunciou em Dourados que vai fazer a desoneração da energia elétrica: “O governo vai abrir mão do ICMS sobre a bandeira tarifária, também para garantir mais competitividade”.

O governador disse ainda que já pediu ao secretário estadual de Produção, Fernando Lamas, a elaboração de quatro eixos “fundamentais” para o meio rural de Mato Grosso do Sul: programa de recuperação de áreas degradadas de pastagem; programa de irrigação – “consistente e competitivo para ter estabilidade de produção” –; programa de incentivo à avicultura e suinocultura e o programa do pequeno produtor.

“É inconcebível Mato Grosso do Sul importar 80% das frutas, legumes e verduras que consumimos aqui e são produzidos em São Paulo e Paraná. E nós temos condições de incentivar o pequeno produtor, melhorar a fertilidade do solo dos assentamentos rurais e oferecer assistência técnica pra ajudar o pequeno produtor a produzir, ter mercado e ter renda. A agricultura é do pequeno ao grande produtor”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Combate à corrupção – O governador terminou o discurso cobrando a participação de cada um dos presentes ao evento para ajudar no combate à corrupção. “Precisamos banir do dicionário essa palavra que tem envergonhado a todos nós brasileiros. O cidadão de bem tem que ajudar nisso. Se vocês sabem de alguma coisa têm obrigação de denunciar ao governo, porque só assim a gente vai tirar essa banda podre que utiliza de recurso público em benefício próprio”.

Reinaldo afirmou que devido à corrupção o cidadão está perdendo a esperança no homem de bem. “Não é todo político que é corrupto. Existe político sério que faz um bom trabalho”.

Expoagro começa sexta e organização espera público de 60 mil em dez dias
A organização da 51ª Expoagro (Exposição Agropecuária) espera um público de 60 mil a 70 mil pessoas nos dez dias da festa, que começa sexta-feira e v...
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente
Jovem de 24 anos foi baleado com tiro na barriga, por volta das 17h30 de sábado (3), em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande. Wemers...



Agora vi vantagem, se isso acontecer o Azambuja terá o meu voto.
 
wild em 16/05/2015 15:53:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions