A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

30/01/2014 08:12

Mulher arranca orelha de homem após ser esfaqueada para fugir de estupro

Aliny Mary Dias

Uma mulher de 47 anos foi vítima de uma tentativa de estupro e chegou a ser esfaqueada no fim da noite de ontem (29), no bairro Canaã I, em Dourados, distante 225 quilômetros da Capital.

Conforme o registro da ocorrência, o suspeito do crime é Patrício Veja Salazar, 47. A vítima disse à polícia que se encontrou com o suspeito em um bar localizado na Rua Projetada.

Minutos depois, Patrício convidou a mulher a ir para outro lugar e a obrigou a manter relação sexual com ele. A vítima se recusou e o homem a agrediu com socos e pontapés. Além da agressão, Patrício usou uma faca e feriu os lábios e o braço da mulher.

A vítima conseguiu fugir depois de morder a orelha do homem, ela inclusive arrancou um pedaço do órgão. A mulher pulou o muro e pediu ajuda para vizinhos, eles chamaram a polícia e Patrício foi preso depois de procurar o hospital.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e será apurado pela Polícia Civil de Dourados.

Indígena de 21 anos é assassinado com facada no peito em aldeia
Um indígena de 21 anos foi morto no início da noite desta sexta-feira (20) após ser atingido com uma facada no peito, na aldeia Amambai, em Amambai -...
Homem com facão faz três pessoas da mesma família como reféns em casa
Três pessoas foram feitas reféns em uma casa na rua Rio de Janeiro, Centro de Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande -, na manhã des...
UEMS recebe a partir de segunda-feira congresso de pesquisadores negros
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - recebe entre segunda-feira (23) e sáb...



Paulina Barbosa Ferreira, sou totalmente contra estupro, aliás, acho que estuprador deveria ser sentenciado à morte pq não viola apenas o corpo físico da pessoa, mas a sua mente. Mas não concordo que ninguém ensina a se defender. Matricule-se numa escola de auto defesa. Toda mulher sabe que o órgão genital masculino é sensível, dá uma mordida, um soco, uma joelhada que ele nem vai conseguir se mexer por horas.
 
Mário Costa em 30/01/2014 12:06:39
Conhecido ou não, sempre somos vítimas dos estupradores de plantão. Como ninguém se atreve a nos ensinar a nos defender dos calhordas, somos presas fáceis. Parabéns a esta moça que não se entregou, lutou bravamente por sua vida e conseguiu socorro. Sim, pois muitos, na desculpa de não querer se envolver, são omissos parecendo fazer o correto .
 
PAULINA BARBOSA FERREIRA em 30/01/2014 11:12:13
NOSSA Q LOUCURA DESSE MULHER SAIR COM UMA PESSOA Q ELA NEM CONHECE DIREITO
 
shirlley dos santos em 30/01/2014 10:00:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions