A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

30/01/2014 08:12

Mulher arranca orelha de homem após ser esfaqueada para fugir de estupro

Aliny Mary Dias

Uma mulher de 47 anos foi vítima de uma tentativa de estupro e chegou a ser esfaqueada no fim da noite de ontem (29), no bairro Canaã I, em Dourados, distante 225 quilômetros da Capital.

Veja Mais
Com destino a São Paulo, jovem é preso com 60 kg de cocaína
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil

Conforme o registro da ocorrência, o suspeito do crime é Patrício Veja Salazar, 47. A vítima disse à polícia que se encontrou com o suspeito em um bar localizado na Rua Projetada.

Minutos depois, Patrício convidou a mulher a ir para outro lugar e a obrigou a manter relação sexual com ele. A vítima se recusou e o homem a agrediu com socos e pontapés. Além da agressão, Patrício usou uma faca e feriu os lábios e o braço da mulher.

A vítima conseguiu fugir depois de morder a orelha do homem, ela inclusive arrancou um pedaço do órgão. A mulher pulou o muro e pediu ajuda para vizinhos, eles chamaram a polícia e Patrício foi preso depois de procurar o hospital.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e será apurado pela Polícia Civil de Dourados.

Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



Paulina Barbosa Ferreira, sou totalmente contra estupro, aliás, acho que estuprador deveria ser sentenciado à morte pq não viola apenas o corpo físico da pessoa, mas a sua mente. Mas não concordo que ninguém ensina a se defender. Matricule-se numa escola de auto defesa. Toda mulher sabe que o órgão genital masculino é sensível, dá uma mordida, um soco, uma joelhada que ele nem vai conseguir se mexer por horas.
 
Mário Costa em 30/01/2014 12:06:39
Conhecido ou não, sempre somos vítimas dos estupradores de plantão. Como ninguém se atreve a nos ensinar a nos defender dos calhordas, somos presas fáceis. Parabéns a esta moça que não se entregou, lutou bravamente por sua vida e conseguiu socorro. Sim, pois muitos, na desculpa de não querer se envolver, são omissos parecendo fazer o correto .
 
PAULINA BARBOSA FERREIRA em 30/01/2014 11:12:13
NOSSA Q LOUCURA DESSE MULHER SAIR COM UMA PESSOA Q ELA NEM CONHECE DIREITO
 
shirlley dos santos em 30/01/2014 10:00:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions