A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

20/01/2015 17:36

Município enfrenta o janeiro mais quente dos últimos 9 anos, 41°C na sombra

Vania Galceran

Há 9 anos Três Lagoas não registrava temperaturas tão altas. Ontem (19) foi registrada a máxima de 41ºC pelo Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul), janeiro de 2015 agora já pode ser considerado oficialmente o mais quente desde 2006.

Veja Mais
Segunda fase do Enem acontece amanhã e domingo; 488 pessoas participam em MS
STF investiga contas de Geraldo e quer depoimento até de ex-prefeito morto

Os últimos registros apontavam que este mês ainda não havia alcançado os patamares de temperatura de outros anos, apesar de ter chegado bem perto.

A máxima temperatura alcançada em Três Lagoas ontem superou a marca de Corumbá registrada em 14 de janeiro de 2009 pelo Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos, quando os termômetros acusaram incríveis 40,7ºC.

Apesar de ser reconhecido pelo forte calor, janeiro ainda perde para outros meses quando o assunto é temperatura máxima. Outubro de 2014 foi o mês mais quente nos registros do Cemtec. Com 42,9ºC registrados no dia 15 em Coxim e 42,7ºC no dia 30 em Porto Murtinho, o mês que se situa em plena primavera ficou marcado nos termômetros e na memória.

“Em outubro do ano passado observamos a atuação de um sistema de alta pressão estacionário, que criou um bloqueio atmosférico em várias cidades com ventos moderados e baixa circulação do ar”, explica a meteorologista do Cemtec, Cátia Braga.

Outros anos também foram marcados pelo forte calor: Em 30 de outubro de 2012 Porto Murtinho registrou 42,8ºC; Já Coxim também ultrapassou os quarenta em 19 de setembro de 2010, com 42ºC. Corumbá, com 41,6ºC em 19 de novembro de 2009 e Porto Murtinho, com 41,4ºC em 23 de dezembro de 2011, também marcam os registros do Cemtec.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions