A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

15/03/2011 09:02

Nível do rio Aquidauana desce mais e registra 8,48 metros nesta terça

Fabiano Arruda

Tráfego pelas pontes foi normalizado no município

Sem chuvas constantes, nível do rio segue em queda em Aquidauana. (Foto: O Pantaneiro)Sem chuvas constantes, nível do rio segue em queda em Aquidauana. (Foto: O Pantaneiro)

O nível do rio Aquidauana, que no ápice da cheia no município passou dos dez metros, registra 8,48 metros nesta terça-feira, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

A marca ainda é cinco metros maior que o nível normal do rio.

Sem chuvas constantes, a marca cai a cada dia. Ontem pela manhã foram registrados 8,8 metros. Na sexta-feira passada, quando a passarela montada pelo Exército foi desfeita, a régua marcava 9,24 metros.

Com isso, as restrições de tráfego tiveram fim. Tanto na ponte velha, como na ponte nova, o trânsito está liberado para todos os tipos de veículos, informa o Corpo de Bombeiros.

Na sexta-feira passada, o tráfego estava liberado na ponte velha para carros, motos, bicicletas e pedestres, enquanto, na ponte nova, apenas para veículos pesados.

O desafio de Aquidauana agora é reconstruir a cidade. Ontem, na reunião entre prefeitos, governo e bancada federal, na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o prefeito do município, Fauzi Suleiman (PMDB), disse que sua administração “precisa de ajuda” e cobrou, sobretudo, o governo do Estado.

“Não temos como reconstruir a cidade sozinhos. Precisamos de apoio”, declarou.

Segundo informações, os prejuízos em Aquidauana podem chegar a R$ 40 milhões.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions