A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

21/11/2014 19:21

Obra entregue por Puccinelli substitui velha escola de madeira em assentamento

Ludyney Moura
Antiga sede da Escola no assentamento Uirapuru, em Nioaque (Fotos: Divulgação/Edemir Rodrigues/GEMS)Antiga sede da Escola no assentamento Uirapuru, em Nioaque (Fotos: Divulgação/Edemir Rodrigues/GEMS)
Nova sede custou R$3,5 milhões e poderá abrigar até 1,2 mil alunosNova sede custou R$3,5 milhões e poderá abrigar até 1,2 mil alunos

O governador André Puccinelli (PMDB) inaugurou nesta sexta-feira (21), a reforma e ampliação da Escola Estadual Uirapuru, localizada no assentamento de mesmo nome, no município de Nioaque, distante 179 km da Capital.

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

A obra integra o pacote MS Forte 2 e custou pouco mais de R$ 3,5 milhões, com investimentos dos governo federal e estadual. A escola, que tem 13 novas salas de aula e pode atender 1,2 mil alunos, fica a 31 quilômetros de estrada de chão da BR-419.

“Com esta já completamos 15 novas escolas construídas neste modelo padrão. Eu quero levar estas unidades nas pequenas localidades para que nossas crianças tenham as mesmas oportunidades de ensino e tornem-se líderes no futuro”,

A chegada da unidade foi comemorada pela comunidade. “Hoje eu estudo num barracão e posso dizer que a minha escola vai mudar da água para o vinho. Se lá no antigo endereço eu já tinha incentivo para estudar, imagina agora com essa escola linda?”, disse Pedro Antônio Araújo, de 58 anos, aluno do segundo ano do Ensino Médio na escola.

“É uma bela construção, uma escola moderna e ampla com 13 salas de aula e o município a recebe de coração. É um patrimônio para toda a comunidade que dará ânimo para professores e alunos”, afirmou o prefeito de Nioaque, Gerson Serpa (PSB).

Para chegar até o local, a Prefeitura da cidade disponibiliza aos alunos três ônibus escolares e uma kombi. “Eu sei como é importante essa conquista. Sabemos de muitas pessoas que tiveram que estudar debaixo de árvore ou em barracões improvisados nos assentamentos. Hoje contamos com esta escola linda e só temos que agradecer por essa idealização deste projeto”, frisou Marialves Conceição, diretora da unidade que este ano atende 300 alunos.

Puccinelli também entregou no local um espaço anexo que conta com com 11 computadores destinados ao uso de toda a comunidade do assentamento. A iniciativa é uma parceria do Governo do Estado com a União e município, com participação da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions