A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

16/03/2015 11:54

Operando há 4 meses, empresa de transporte quer subir tarifa para R$ 3

Liana Feitosa
Empresa conta com frota de 25 ônibus. (Foto: Anderson Gallo/ Diário Corumbaense)Empresa conta com frota de 25 ônibus. (Foto: Anderson Gallo/ Diário Corumbaense)

Depois de quatro meses de funcionamento, a Viação Cidade Corumbá, que realiza o serviço de transporte coletivo na cidade de Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, pediu reajuste da tarifa ao prefeito Paulo Duarte (PT). Segundo representante do setor, a nova tarifa deve entrar em vigor em abril.

Veja Mais
Mesmo com ordem de despejo, índios ampliam invasões em lotes urbanos
Cidade de MS teve 157 focos de queimadas em duas semanas do ano

Segundo o jornal Diário Corumbaense, a empresa pretende que a tarifa passe de R$ 2,40 para R$ 3. O gerente Youssef Younes alega que a concessionária opera com veículos novos e o valor foi estipulado quando a empresa assumiu o serviço, atendendo a pedido do prefeito.

“Após o período inicial de aproximação com o usuário e de um salto de qualidade na prestação de serviço, a Viação se vê preparada para pedir o reequilíbrio econômico financeiro a que faz jus em seu contrato de concessão assinado em agosto de 2014”, disse a concessionária em nota.

Segundo Youssef, outros fatores contribuíram para o pedido, como reajustes nos preços do combustível, lubrificantes, pneus, peças e maquinários. Além disso, o gerente também argumenta que foram registrados aumentos nas contas de água e luz, e aumento nos tributos, como INSS patronal.

Por fim, a empresa explica que a tarifa precisa subir devido ao alto índice de gratuidade e o não reajuste da cobrança desde 2011.

Ainda de acordo com o Diário Corumbaense, a empresa conta com frota de 25 ônibus, sendo 18 operando nas linhas urbanas, três na linha rural e outros três são mantidos como reserva.

Ao todo, atuam 110 funcionários diretos entre motoristas, cobradores, mecânicos, fiscais e administrativo. Por mês, 220 mil passageiros pagantes são transportados em média, enquanto 60 mil são transportados gratuitamente devido a benefícios garantidos por lei, como é o caso de estudantes, idosos e portadores de deficiência.

Prefeitura - Em entrevista ao Diário Corumbaense, o diretor-presidente da Agetrat (Agência Municipal de Trânsito e Transporte), Alexandre Vasconcellos, explicou que o pedido já foi protocolado pela empresa e que o município analisará as planilhas de custos para encontrar o valor da nova tarifa.

“A empresa já queria operar em Corumbá com a tarifa reajustada e o prefeito Paulo Duarte antes quis verificar a qualidade dos serviços e ver os ônibus novos trafegando", afirma.

"Essa tarifa está há quatro anos sem reajuste em Corumbá e a prefeitura vai analisar a planilha de custos, vai fazer a sua planilha paralela e buscar meios para que a tarifa fique abaixo dos R$ 3,00. Isso vai ser definido nos próximos dias”, garantiu. Segundo Vasconcellos, a nova tarifa deve entrar em vigor em abril.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions