A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

29/06/2011 08:30

Pavimentação de 440 quilômetros beneficia norte e leste do Estado

Paula Maciulevicius

Uma das obras vai ligar região norte ao estado de Goiás, oportunidade vista como portas abertas à indústrias

Com asfalto ainda em andamento, MS-436 será entregue em julho de 2012, ligando Camapuã a Figueirão. (Foto: Divulgação)Com asfalto ainda em andamento, MS-436 será entregue em julho de 2012, ligando Camapuã a Figueirão. (Foto: Divulgação)

A pavimentação de mais de 440 quilômetros de rodovias estaduais é a nova aposta para desenvolvimento das regiões norte e leste do Estado. Somadas, as obras totalizam mais de R$ 530 milhões.

Com a previsão de entrega para julho do próximo ano, um dos projetos vai ligar o norte ao estado de Goiás, dando suporte à instalação de indústrias, acreditam prefeitos da região.

A BR-359, no entroncamento da BR-262, divisa de Goiás com Mato Grosso do Sul, já é vista como porta de entrada e saída para o desenvolvimento. A pavimentação termina em julho de 2012, mas até lá, os municípios de Coxim e Alcinópolis esperam colher os benefícios, com a instalação de indústrias.

Para a prefeita de Coxim, Dinalva Mourão (PMDB) a obra traz um novo olhar para a região, além do benefício à indústria, também é válido para o escoamento da produção.

“A estrada vai ser a porta de entrada e saída, as cidades no norte vão ter logística privilegiada e oportunidade de oferecer todas as condições para instalação de empresas. Não vamos ter uma indústria que não venha por falta de condição”, ressaltou.

Além desta, o pacote de obras contempla a MS-436, rodovia que vai ligar Camapuã a Figueirão e deve entrar em funcionamento em julho do ano que vem.

Estrada estadual é reivindicação antiga dos pecuaristas, que acreditam em melhorias no escoamento com a nova rodovia. (Foto: Divulgação)Estrada estadual é reivindicação antiga dos pecuaristas, que acreditam em melhorias no escoamento com a nova rodovia. (Foto: Divulgação)

A pavimentação engloba a travessia do distrito de Pontinha do Coxo e pontes sobre os córregos Saltinho, Barreiro e Ribeirão da Pontinha, todos em Camapuã e sobre os córregos Quati e Feio, em Figueirão.

Atendendo a uma antiga reivindicação, Três Lagoas vai ganhar a pavimentação da MS-112, no entroncamento da MS-377 e BR-158, entre o município e Inocência. A obra abrange a travessia da Vila São Pedro e ponte sobre o córrego São Pedro. Ainda em andamento, a pavimentação deve ser entregue até julho do próximo ano.

Segundo a prefeita Márcia Moura (PMDB) a obra está em franco desenvolvimento e é bem provável que termine antes do previsto. “Era uma luta antiga de todos, principalmente dos pecuaristas. É um trecho não só para o escoamento como também para produção de eucalipto”, resume.




parabens por mais esta conquista sou de ponta grossa parana ja trabalhei ai na fazenda imperio a estrada éra um terror um abraço para todos ass joao altevir o joaozao
 
joao altevir s k em 13/01/2012 08:17:51
vai ser bom pra populasaõ de pontinha do coxo ter melhor aseso a sidade de camapoã itambem e um horgulho pra min poder ver a obra taõ maravilhosa qe vai benefisia tantas pesoas de uma pequena cidade enfin sou de (RIO-FORMOSO-PERNANBOCO mas -meu marido esta en camapoã a trabalho na costrutora qe esta fasendo esta teraplhanagen en breve eu MAURILI minha FIlia e ha minha cachoriha puldol pituxa chegaremos ai nos agurde naõ vejo ha ora de poder ver esta sidade qe min parece ter um bom ar climatico
 
maurili maria em 01/07/2011 09:06:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions