A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

23/02/2012 10:49

PF prende em Três Lagoas estelionatário que aplicava golpes em fazendeiros

Fabiano Arruda

A Polícia Federal prendeu, em Três Lagoas, o técnico em Segurança do Trabalho Alexandre Aparecido Giacomini, suspeito de aplicar golpes a fazendeiros na cidade de Cassilândia, a 418 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento

Conforme a PF, Alexandre tinha passagem pela Polícia e foi indiciado por falsificação de documentos, uso de documento falso e estelionato. Ele teria falsificado laudos de saúde ocupacional e notificações do Ministério do Trabalho e Emprego. Os golpes causaram prejuízo estimado de R$ 2 mil para cada fazendeiro.

Ele já havia sido preso, em operação deflagrada em Jales (SP), em 2009, na “Operação Olímpia”, que também investigava crimes de estelionato. Alexandre cumpria regime aberto. Agora foi transferido para o Presídio de Segurança Média de Três Lagoas.

A prisão ocorreu na última quinta-feira, no entanto, a PF divulgou a ocorrência apenas nesta quinta-feira. Segundo a corporação, Alexandre se passava por auditor fiscal do Ministério do Trabalho e notificava fazendeiros da região.

Após a notificação, ele oferecia serviços como técnico em Segurança do Trabalho para regularizar as notificações. Cobrava e emitia laudos, possivelmente falsos.

Ainda conforme a Federal, após longo período de investigação, o cumprimento a mandado de busca e apreensão, bem como a prisão preventiva, foi determinado na cidade de Estrela Doeste no estado de São Paulo.

A PF vai prosseguir investigações em busca de possíveis comparsas nos golpes.

Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



Infelizmente apesar de conselhos, os filhos acabam errando,sou mãe dele,do alexandre, pelo amor de DEUS MERETÍSSIMA juíza, transfira meu filho p minha cidade
resido aquí á cerca de 28 anos,tenho vários problemas de saúde,sou deficiente fisica,
tomo anti-depressivos e ansiolíticos,ele deve pagar sim, a lei está correta, mas, pelo amor de DEUS, mande meu filho p cá, PARANAÍBA MS,
 
APARECIDA TORRES GIACOMINI em 08/05/2012 07:35:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions