A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

08/11/2013 10:14

PM apura desvio de combustível e afasta 4 militares em Sidrolândia

Lidiane Kober e Edivaldo Bitencourt
Vídeo mostra policiais abastecendo em Sidrolândia (Foto: Reprodução)Vídeo mostra policiais abastecendo em Sidrolândia (Foto: Reprodução)

A Polícia Militar abriu procedimento para apurar a denúncia anônima de que policiais de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande, estavam desviando combustível destinado à corporação para abastecer carros particulares. Um vídeo mostra os policiais passando a bomba de combustível de uma viatura para um veículo particular.

Veja Mais
Pistoleiro preso “some” e prefeito de Pedro Juan cobra polícia paraguaia
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia

Eles negam a acusação e cogitam “perseguição” de colegas da frota ou da imprensa local. No entanto, a corregedoria da PM foi ao município e já viu indícios de irregularidades. O Comando Geral decidiu afastar todos os envolvidos no escândalo.

De acordo com a denúncia, o sargento Halisson Perdomo, o soldado Vilson e o tenente Edcesar comandam o esquema de desvio de gasolina. O vídeo mostra três policias em posto de combustível da cidade. O frentista, inclusive, dá liberdade ao trio de pegar a bomba de combustível e realizar o abastecimento.

Em determinado momento, um policial tira a bomba da viatura e a aplica em um veículo aparentemente particular. A troca ocorre com a maior naturalidade, em clima de descontração entre os policiais.

Um pouco antes, um deles, pega uma garrafa pet para, segundo a denúncia, completar de gasolina. No interior das viaturas, outros galões também armazenariam o combustível.

Na sequência, um dos policias acende o farol e obriga o denunciante a entrar em carro para dar sequência à filmagem. “Percebam que o soldado desconfia que tinha gente observando e sem ao menos disfarçar liga o farol da viatura na tentativa de visualizar algo”, relata a denúncia anônima, encaminhada, ontem, ao Campo Grande News.

 

Envolvidos em denúncia abastecem viatura em posto de Sidrolândia (Reprodução)Envolvidos em denúncia abastecem viatura em posto de Sidrolândia (Reprodução)

O mesmo denunciante afirma que, logo depois, os policiais abrem as portas das viaturas para disfarçar o abastecimento dos galões, supostamente depositados no banco traseiro das viaturas.

Enquanto isso, de acordo com a denúncia, os policiais negam atendimento nos assentamentos, alegando falta de combustível. “Os representantes dos assentamentos já não aguentam mais a falta de segurança e relatam que todas às vezes que ligam para o 190 são informados de que o comandante Edcezar determinou que não é para as viaturas se deslocarem até os locais, pois o Estado fornece somente 20 litros de gasolina por dia”.

Outro lado – Procurados pelo Campo Grande News na quinta-feira, o sargento Perdomo e o tenente Edcezar negaram a denúncia. “Isso é mentira”, declarou Edcezar. Ele, da mesma forma que o colega, cogitou perseguição. “Por coincidência ou não, nós dois fomos alvos de outra denúncia e até agora não provaram nada”, completou o tenente.

Ele também se colocou à disposição para qualquer esclarecimento. “Não tenho nada a esconder”, garantiu. “Só abasteço viatura da PM”, reforçou Perdomo. “Só pode ser perseguição ou de gente da própria tropa ou da imprensa local”, concluiu o sargento.

Afastados –Em nota, nesta sexta-feira, a PM classificou as denúncias como "graves". "O Comandante-Geral da Instituição, coronel Carlos Alberto David dos Santos, determinou à Corregedoria abertura de procedimento para apuração rigorosa dos fatos e remoção imediata dos quatro policiais militares que aparecem no vídeo", anunciou, em nota ao Campo Grande News

Três policiais foram removidos para o 1º Batalhão da PM. "E o Oficial da PM, comandante do pelotão de Sidrolândia, será removido da unidade durante a apuração dos fatos, a fim de assegurar a imparcialidade e isenção na apuração da denúncia", disse coronel Davi, por meio da assessoria. 

"O Comando-Geral não compactua e não aceita qualquer desvio de conduta de sua tropa, por isso determinou rigor e agilidade nas apurações e, que, assim que elas forem concluídas, seja dada a devida publicidade aos fatos, para conhecimento de toda sociedade", frisou.

Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Sofia de Almeida Flores, de 11 meses de vida, morreu na madrugada de hoje (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, após ficar ferida em acidente oc...
Homem de 33 anos é morto com golpes de facão e foice em fazenda invadida
Um homem de 33 anos foi morto a golpes de facão e de foice durante uma briga envolvendo índios na fazenda Novilho, município de Caarapó, a 283 km de ...



Em primeiro lugar, esse vídeo não diz nada. Sou advogado e estou acompanhando esse fato. Não estou defendendo ninguém, mas se isso for usado como prova, não vai acontecer nada, pois conheço alguns policiais que trabalham com apenas 05litros de gasolina na viatura, para rodar 12horas de serviço. Ao meu ver, essa gravação só mostra que o policial está abastecendo uma garrafa pet, mais nada! Só para informação, existem 2carros do reservado desse batalhão. Eu sei, porque moro próximo da casa de um policial que atua no reservado e ele anda com um carro igualzinho. Outra coisa, TOMEM CUIDADO COM O QUE VOCÊS POSTAM! existe o contraditório e a ampla defesa, bem como, a ação regressiva contra aquele que está alegando algo sem provas concretas, calúnia e danos morais. PRESTEM ATENÇÃO!!!
 
henrique cesar em 08/11/2013 16:56:39
Um policial a serviço da bandidagem é pior que um bandido, pois ele utiliza suas prerrogativas para se proteger, assim como um político, a corrupção é um mal da sociedade que deve ser cortada através de uma nova cultura e educação.
 
Sandro Lima em 08/11/2013 16:51:32
Senhor Governador, o que tu acha desses homens fardados, roubando até o senhor?
 
Junior Arantes em 08/11/2013 16:42:17
se fosse so combustivel estava tranquilo. isso e fichinha, estão procurando chifre em cabeça de cavalo, pq não investigação nos grandes?. prefeito, deputados,governador,vereadores e assim em diante. tem aquele velho ditado a corda sempre arrebenta pelo lado mais fraco.
 
Weverton VIeira Nogueira em 08/11/2013 16:28:36
ISSO É REFLEXO DOS SALARIOS QUE RECEBEM.
 
evandro simoes em 08/11/2013 15:46:05
Os veículos oficiais do estado são abastecidos SOMENTE através de cartão, com usuário cadastrado pelo CPF, detentor de SENHA PESSOAL e quilometragem controlada pelo hodômetro. Se houver divergência de quilometragem em relação ao último abastecimento, isso já bloqueia o cartão. Além disso: depois de um abastecimento, o próximo abastecimento só é liberado após várias horas, e cada viatura tem uma cota máxima, não abastece à vontade não. Então é melhor descobrir primeiro o que aconteceu de fato.
 
Adriano Roberto dos Santos em 08/11/2013 14:57:37
Não que eu aprove esta conduta ,se confirmada é claro,só uma pergunta:

E o Bernal ?????E o Médico de Câncer tal de Dr. Siuffi????E o Ex-Prefeito Nelsinho???E o Mensalão???Minha gente se for "mandar embora,expulsar,punir etc...todo mundo que rouba e engana neste País", Ué............................CADE TODO MUNDO ?????????????????????
 
Cristina Mendes carli em 08/11/2013 13:15:01
Com uma gravação, ainda tentam achar prova de alguma analise?
 
Giovane Frota em 08/11/2013 13:13:08
Concordo com as investigações,não devemos condena-los antes das investigações serem concluidas.
 
WALDIR FRANCO BOGAMIL em 08/11/2013 11:45:27
tem que investigar diteiro, pois as vezes e uma viatura descaracterizada com placas frias e ai ja dizem que e particular..ou ate então e carro particular que vai fazer m serviço reservado e precisa de combustível sim do estado..ta cheio de otimos policiais que sem viaturas com pativeis usam o propio veiculo para fazer serviço de policia..e ai quem vai por gasolina, tem que ser assim mesmo..então antes de incriminar julgar se investigue direito e depois sim mostre o resultado..
 
Jose Marcos em 08/11/2013 11:44:35
Muita cautela nessa hora, onde isso existe deve ser repelido; porém frente à atitude insana de alguns irresponsáveis não podemos de maneira alguma generalizar opinião e deixar que isso macule a imagem da corporação, pois ela merece sim a confiança da população, agora...correções existem e são executadas até mesmo em terreno santo.
 
juraci montanha em 08/11/2013 11:03:37
Esses tem que ser expulsos da corporação
 
Marcos Wild em 08/11/2013 10:54:04
Só abastece com requerimento e marca o odometro da viatura. Como controlar a PM tem, mas falta interesse
 
Alex andré de souza em 08/11/2013 10:34:38
TEM POLICIAL QUE É PIOR QUE BANDIDO, DEVE SE EXPULSO DA CORPORAÇÃO, E A I SENHOR GOVERNADOR O QUE O SENHOR ACHA DISTO?
 
MARCOS VINICIUS FERNANDES DE SÁ em 08/11/2013 10:31:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions