A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

04/03/2014 22:45

PMA autua campo-grandense por pescar sem licença em Bonito

Alan Diógenes

Policiais Militares Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito, a 257 quilômetros de Campo Grande, autuaram hoje um pescador, de 36 anos, residente em Campo Grande (SP), por pescar sem licença ambiental.

Veja Mais
Força Nacional vai continuar por mais 30 dias em área onde índio foi morto
Apenas 60% dos inscritos no Enem participam da segunda prova em MS

Ele pescava no rio Miranda e havia capturado 7 kg de peixe. O pescado foi apreendido.

Os policias efetuaram auto de infração administrativo e aplicaram multa no valor de R$ 430,00 contra o autuado. A pesca sem licença não é crime ambiental. Trata-se apenas de infração administrativa. Pagando a multa, o infrator poderá ter o material apreendido restituído.

Em continuação à fiscalização, os policiais retiraram 75 anzóis de galho do rio Miranda e Nioaque. Os autores da pescaria com esses petrechos proibidos não foram localizados.

Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...



Alem de combater a pesca predatoria, esta na hora dos ambientalista estudar im meio de controlar a população de jacarés no pantanal, estima se que atualmente exista uma população de aproximadamente 25.000.000 de jacares adulto no pantanal, cada jacare adulto consome em média de 3 a 4 kgs de peixe por dia, façam a conta e aí vão ver que se não controlarem isso, logo estaremos sem peixes de qualquer especie no rios do pantanal, uma maneira de controlar isso seria no periodo do defenso ao inves de pagar um salario minimo aos pescadores, liberar a caça de jacares, a carne tem mercado, a pele tem mercado, para conter abusos, monta se cooperativas que se encarregaram de receber os bichos e comercializar.
 
juvenil marques do vale em 05/03/2014 00:53:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions