A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

30/10/2013 21:08

PMA multa dois fazendeiros em R$ 25 mil por degradação ambiental

Vinícius Squinelo

Policiais Militares Ambientais de Dourados realizavam fiscalização hoje pela manhã nas propriedades rurais do município e localizaram em duas fazendas, próximas à região de Porto Cambira, a construção de valetas para drenagem de áreas de várzeas sem autorização ambiental.

Veja Mais
Mesmo com ordem de despejo, índios ampliam invasões em lotes urbanos
Cidade de MS teve 157 focos de queimadas em duas semanas do ano

A primeira propriedade pertencente a um fazendeiro de 59 anos, o proprietário realizava valetas para secar o brejo, atingindo área de nascentes. A degradação atingia área de quatro hectares e ainda existiam diversas árvores incendiadas.

O pecuarista, residente em Fátima do Sul foi autuado administrativamente e multado em R$ 20.000,00.

Próximo dessa propriedade, na mesma região, outro proprietário rural foi autuado e multado em R$ 5.000,00 também por construir valetas para drenagem da área de várzea em sua fazenda, atingindo área de nascentes. Nessa propriedade a degradação atingia um hectare. O fazendeiro, de 55 anos, residente no local, foi multado em R$ 5.000,00.

As atividades foram paralisadas em ambos os locais e os fazendeiros autuados foram notificadas a apresentarem plano de recuperação da área degradada – PRAD, junto ao órgão ambiental. Os responsáveis também responderão por crime ambiental de destruir área de preservação permanente. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions