A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

07/10/2011 08:08

PMA prende dois pescadores no rio Paraguai com 20 quilos de pescado

Francisco Júnior

Os dois pescadores, de 25 e 29 anos, residentes em Corumbá, foram autuados com multa no valor de R$ 1,1 mil. Os policias o encaminharam para a Delegacia de Polícia Federal

Policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Corumbá (MS) prenderam na madrugada de hoje (07) dois pescadores com 20 quilos de pescados das espécies cachara e pintado, com tamanhos inferiores aos permitidos por lei, no rio Paraguai, no local conhecido como “Farol Balduíno.

Eles haviam capturados exemplares com as medidas variando entre 41,0 a 66 centímetros, bem abaixo da medida permitida, que é de 85 cm para a captura do pintado e 80 cm para a captura do cachara. Além dos pescados, também foram apreendidos um barco de alumínio, um remo, três linhadas de pesca com anzóis e um motor de popa com tanque de combustível.

Os dois pescadores, de 25 e 29 anos, residentes em Corumbá, foram autuados com multa no valor de R$ 1,1 mil. Os policias o encaminharam para a Delegacia de Polícia Federal, onde foram autuados em flagrante por pesca predatória. Eles poderão ser penalizados com detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Também no rio Paraguai, já na região conhecida como “Água Branca”, foi apreendida uma rede de pesca de 100 metros de comprimento. Os pescadores ao perceberem a fiscalização fugiram pela mata abandonando o material. A PMA realizou buscas nas mediações, mais eles não foram localizados.

A PMA está reforçando a fiscalização durante o feriado prolongado, na operação “Padroeira do Brasil”. No intuito de prevenir a pesca predatória e outros tipos de crimes ambientais.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions