A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

09/11/2013 18:47

PMA prende os primeiros pescadores na operação piracema

Lidiane Kober

Durante ações da Operação Piracema, policiais Militares Ambientais de Dourados prenderam, ontem (9), em Fátima do Sul, dois pescadores por pesca predatória. A equipe flagrou os infratores utilizando tarrafas no Córrego Vitória, localizado na região do Barreirão, a 7 km da cidade.

Veja Mais
Duas pessoas são assassinadas em barraco perto de assentamento
Ministério Público investiga asfalto deteriorado que custou R$ 36 milhões

Com os pescadores foram aprendidas duas tarrafas, 37 anzóis de galho e duas fisgas (petrechos proibidos) para a pesca, além uma espingarda calibre 22 com 12 munições. Também foram apreendidos 21 peixes pequenos que estavam vivos e foram soltos nos rio.

No momento da apreensão, uma motocicleta aproximava-se do local, mas ao avistar os policiais, o condutor fugiu. A PMA realizou o acompanhamento tático e o elemento abandonou o veículo e sumiu pela mata. Havia uma sacola plástica na garupa, onde foi encontrada uma tarrafa. O veículo e o petrecho foram apreendidos.

Os dois pescadores, de 23 e 33 anos, residentes em Dourados foram presos e conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Fátima do Sul. Eles foram autuados em flagrante delito por crime ambiental de pescar durante a piracema, com petrechos proibidos e por porte ilegal de arma.

Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção pelo crime ambiental e de um a três anos de detenção pelo porte ilegal da arma. Os infratores ainda foram autuados administrativamente e multados em R$ 700,00 cada um.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions