A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

27/12/2011 23:33

Policial tenta impedir assalto a mercado, mas não consegue

Paulo Fernandes

Dois homens renderam vários clientes, dois funcionários e o dono de um mercado, em Ponta Porã, no final da tarde desta terça-feira. Um policial tentou impedir o assalto, mas não conseguiu.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

O mercado, onde aconteceu o roubo, pertence ao pai do policial. Lotado em Naviraí, o policial estava passando o final de ano na casa dos pais.

Os criminosos chegaram numa moto. Um deles entrou no mercado rendendo clientes e dois funcionários do estabelecimento.

Em seguida, foi até os fundos do mercado e surpreendeu o dono do mercado com uma coronhada na cabeça.

Ele ainda pegou a carteira do empresário com os documentos e R$ 120. Depois seguiu até o caixa e pegou todo o dinheiro, cerca de R$ 400.

Percebendo que estava acontecendo um roubo, o policial tentou impedir o assalto e prender os ladrões.

Só que o assaltante que aguardava do lado de fora sacou de uma arma de fogo e apontou contra ele.

Ainda assim, o policial se identificou como tal e disparou dois tiros de advertência para o criminoso largar a arma.

Foi quando o segundo assaltante saiu do comércio e o policial resolveu se proteger.

Os assaltantes aproveitaram e fugiram rumo ao Paraguai. A ação foi gravada pelo circuito interno de segurança do mercado.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



Estes dois tiros de advertencia em um ladrão armado.rsrsrrsrrs
tenha dó meu nobre PM.
Teria que ser dois tiros no peito do ladrão.
 
celio monteiro em 28/12/2011 10:00:33
O que é 520 reais perto de diversas vidas em risco num momento destes? Isso deve ser colocado na balança quando um policial pensa em fazer algo do tipo. Levou sorte. "Vão-se os anéis, ficam-se os dedos."
 
Márcio Patrocinio em 28/12/2011 06:22:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions