A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/04/2014 16:55

População e políticos participam de velório de ex-prefeito de Ponta Porã

Bruno Chaves
Ex-prefeito morreu após complicações de uma cirurgiaEx-prefeito morreu após complicações de uma cirurgia

O corpo do ex-prefeito de Ponta Porã, Vagner Piantoni (PT), 54 anos, é velado na Câmara Municipal do município, a 323 quilômetros de Campo Grande. Centenas de pessoas e dezenas de políticos estão no prédio público participando da cerimônia fúnebre que teve início hoje (18) e se estende até amanhã (19) de manhã.

Veja Mais
Ex-prefeito de Ponta Porã, Vagner Piantoni morre aos 54 anos
Homem tem pescoço cortado e é encontrado morto em rodoviária

Piantoni morreu na madrugada desta sexta-feira na Santa Casa de Campo Grande. Ele estava na unidade hospitalar desde o mês passado após complicações de uma cirurgia de vesícula, feita em um hospital de Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

De acordo com Leonelson da Gama, que participa do velório, todos os vereadores de Ponta Porã prestam a última homenagem a Piantoni. Além dos parlamentares do município, o deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS) também está no local. O vereador por Campo Grande, Zeca do PT, está a caminho e o senador Delcídio do Amaral (PT) mandou um representante.

“A população está muito triste porque perdeu um companheiro, um amigo, um irmão e uma pessoa humana”, disse Leonelson.

Em nota divulgada à imprensa, Delcídio afirmou que “o PT perde uma de suas mais expressivas lideranças, um companheiro que honrou o partido e, ao lado da esposa Rosa, outra grande guerreira, sempre lutou pelo desenvolvimento e a justiça social na região da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai”.

Já o presidente do partido, Paulo Duarte (PT), que é prefeito de Corumbá, lembrou que a morte de Piantoni representa duas perdas: a de um homem público e de um pai de família que faleceu precocemente. “Lamento profundamente. Ele foi um prefeito que faz parte da história do PT em Mato Grosso do Sul e foi importante no processo de crescimento do partido”, disse.

Piantoni foi eleito prefeito de Ponta Porã com 10,9 mi votos em 2000 pelo PT. Em 2004, ele disputou a reeleição e perdeu para Flávio Kayatt (PSDB). Piantoni era uma das principais lideranças do PT na fronteira do Brasil com o Paraguai.

O corpo do ex-prefeito será enterrado no Cemitério Cristo Rei, que fica na Rua Rio Branco, em Ponta Porã, às 10h do sábado (19). O velório continua na Câmara Municipal (Avenida Brasil, 3470) até uma hora antes do enterro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions