A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

27/03/2012 15:39

Prefeitura continua com ações de combate à dengue em Dourados

Nadyenka Castro

Casos da doença estão estabilizados, mas, trabalhos de prevenção à doença não param

Agentes vistoriam residências para evitar locais que possam servir de criadouro. (Foto: A.Frota/ Divulgação)Agentes vistoriam residências para evitar locais que possam servir de criadouro. (Foto: A.Frota/ Divulgação)

Em Dourados, município que fica a 233 quilômetros de Campo Grande, a prefeitura segue com ações de combate a dengue, mesmo com o número de casos da doença estabilizado.

Nos bairros estão sendo realizados mutirões para combater os focos do mosquito transmissor. De 18 a 24 deste mês foram visitados 11.513 imóveis nas ações

realizadas na área central, Jardim Flórida II e Jardim Piratininga. Também são feitos trabalhos educativos de prevenção e controle da dengue.

Segundo a Coordenadora do CCZ, a bióloga Rosana Alexandre da Silva, proprietários de imóveis considerados críticos e construções que podem promover a proliferação do aedes aegypti, além de terrenos baldios, continuam sendo notificados.

Quem não se adequar no prazo estipulado é multado de acordo com a Lei da Dengue, que estabelece multa no valor de R$ 500,00 a R$ 900,00.

O proprietário de terreno baldio que for notificado e não fizer a limpeza tem de pagar pelo serviço executado pela prefeitura e ainda é multado.

Uma parceria entre as secretarias de Meio Ambiente e de Saúde torna ainda mais rigorosa a punição a quem não tomar cuidados para evitar a proliferação da dengue. Caso fique comprovando que o inseto apareceu no local por problema ambiental, a punição é mais elevada.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions