A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

14/01/2015 10:01

Prefeitura reúne empreiteiros para tentar acelerar 136 obras iniciadas

Helio de Freitas, de Dourados
Prefeito Murilo Zauith durante reunião com representantes de empresas que tocam obras públicas em Dourados (Foto: Divulgação/A. Frota)Prefeito Murilo Zauith durante reunião com representantes de empresas que tocam obras públicas em Dourados (Foto: Divulgação/A. Frota)

Com 136 obras em andamento, muitas delas já com prazo de conclusão vencido, a prefeitura de Dourados, a 233 km de Campo Grande, decidiu apertar as empreiteiras para que acelerem os projetos. O prefeito da cidade, Murilo Zauith (PSB), mantém reuniões com os representantes das empresas para cobrar agilidade nas construções. Entretanto, em alguns casos a demora ocorre por atraso na liberação de recursos federais.

Conforme o secretário municipal de Planejamento, Luis Roberto Martins Araújo, que acompanha as reuniões, o prefeito revisa as planilhas de obras e discute medidas com os empresários para acelerar a conclusão.

Luis Roberto informou que ontem o prefeito conversou com Jorge Gabriel, da Gabriel e Filhos, que executa as obras da Avenida Guaicurus, e com Edson Freitas, da construtora Vale Velho, que toca algumas frentes de asfalto.

A prefeitura também tem feito cobranças à Sanesul para que a estatal acelere a implantação de redes de água e esgoto. Na semana passada, Murilo disse ao Campo Grande News que a mudança no comando do Estado e a demora na escolha do novo presidente da empresa de saneamento estavam prejudicando o andamento das obras de asfalto nos bairros, já que a prefeitura só pode fazer a pavimentação após a implantação de rede de água e esgoto.

“Temos que ter responsabilidade com os recursos públicos e não podemos colocar a camada asfáltica em ruas sem ligações de água e esgoto e depois cortar o asfalto pronto para fazer esse serviço”, afirmou o prefeito. “Por isso buscamos o entendimento com a Sanesul para que a empresa agilize a sua parte dos serviços”.

A “força-tarefa” para tentar agilizar as obras tem uma explicação: Murilo quer entregar todas as construções até dezembro de 2016, quando termina o seu segundo mandato à frente da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Conforme a prefeitura, o município tem R$ 300 milhões contratados com Caixa Econômica Federal para obras de infraestrutura e habitação.

Homem é preso ao ser flagrado transportando 191 quilos de maconha
Hellington Sant Ana Mota, de 33 anos foi preso acusado de tráfico de drogas por transportar 191 quilos de maconha no porta-malas de um carro. O flagr...
Quadrilha é presa acusada de roubo a joalheria; funcionária é suspeita
Uma quadrilha formada por 10 pessoas foi desarticulada pela Polícia Civil de Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, após investigações de roubo a ...
Detentos são flagrados com celular cheio de vídeos de sexo com criança
Agentes penitenciários encontraram um celular contendo cenas de sexo com uma criança, na cela onde estão presos Luis Felipe Barbosa dos Santos, 19 an...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions