A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

21/10/2016 15:09

Procurado pela Interpol por matar advogado argentino é preso em MS

Helio de Freitas, de Dourados

Um cidadão de nacionalidade paraguaia, mas que alega ser brasileiro, foi preso ontem (20) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, em ação conjunta da Polícia Federal e Polícia Civil na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
PRE apreende 345 kg de cocaína sendo transportados em caminhão na MS-154
Pela 3ª vez, transportador é flagrado levando carne sem nota de MS para o PR

O homem, de 44 anos de idade, que não teve o nome divulgado pela PF, era procurado pela Interpol por ter mandado de prisão expedido pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

De acordo com a Polícia Federal, a prisão foi decretada após o pedido de extradição feito pelo governo da Argentina, onde o homem é acusado de matar um advogado.

“No pedido de extradição consta que o indivíduo C.S.L., de 44 anos, teria nacionalidade paraguaia. Todavia, ao depor na Polícia Federal o mesmo afirmou ter o nome verdadeiro de M.V., possuir 40 anos de idade, bem como que seria cidadão brasileiro, tendo alegado que o nome constante no pedido do governo argentino diria respeito a um documento falso anteriormente utilizado por ele”, informou a PF em nota.

A Polícia Federal informou que está tomando providências para checar as informações e a documentação pessoal do acusado, para esclarecer se ele é cidadão brasileiro ou estrangeiro. A Constituição Federal proíbe extradição de cidadãos brasileiros.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions