A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

05/09/2011 15:16

Rapaz é preso em flagrante após estuprar garota de 18 anos em Selvíria

Francisco Júnior

Vítima aceitou carona do acusado

Um rapaz de 24 anos foi preso em flagrante após estuprar uma garota de 18 anos na madrugada do último sábado em Selviria, município localizado a 400 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, o estupro aconteceu quando a vítima voltava de uma lanchonete. O acusado, que conduzia um veículo Santana, a abordou na rua e ofereceu uma carona. Como ela o conhecia, resolveu aceitar.

Ao chegar à casa da vítima, em vez de parar, ele passou direto e seguiu sentido município de Inocência. Em seguida, parou o veículo em um local afastado e a estuprou.

De acordo com a polícia, o acusado ainda tentou sufocar a vítima e a agrediu com socos no rosto e na boca. Ela foi abandonada próximo de um cemitério.

A garota procurou a polícia em seguida e fez a denuncia. Os policiais fizeram rondas e prenderam o rapaz ainda na madrugada de sábado. Em depoimento na delegacia, ele negou o crime.

O acusado foi encaminhado para o presídio de Três Lagoas.

Marido agride mulher com garrafada e se tranca em casa com medo da polícia
Mulher de 42 anos foi agredida pelo marido com uma garrafada no sábado (3), após ser vista conversando com as amigas em sua casa em Dourados, distant...
Domingo é de redação no segundo dia de prova do Enem em Paranaíba
Candidatos do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande, fazem neste domingo (4) as provas de reda...



Isto acontece porque a impunidade é uma coisa impressionante, visivelmente vista , esta é a chama que alimenta não só esse mas todos os demais tipos de crime em nosso país. Infelizmente, vivemos em um país que cabe bem o lema: "cada um se salve como puder" . Isso é uma vergonha para todos os brasileiros. Temos um judiciário, inoperante, abarrotado de processos sem fim. Para que arrumar mais processos se nunca vão ser vistos? Em termos de agilidade da justiça vivemos no início do século vinte. Quantos casos temos visto pela mídia que o indivíduo se achou injustiçado entrou com processo na justiça e o processante já morreu e até hoje não foi a julgamento do caso? Tem milhares de casos assim. Salvo quando o indivíduo tem muito dinheiro para gastar com a justiça. Tenho dito.
 
João Alves de Souza em 05/09/2011 06:02:20
Que pouca vergonha... Quase todo dia tem notícias de estupro nesse estado! O que é isso, onde vamos parar desse jeito?
 
Cesar Machado em 05/09/2011 03:32:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions