A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

27/03/2014 17:23

Rede de abastecimento de água será ampliada com investimentos de R$ 100 mi

Zana Zaidan

O sistema de abastecimento de água de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, receberá investimentos de R$ 100 milhões, o que vai garantir, pelos próximos dez anos, a eficácia do serviço para a população da cidade. As ordens de serviço, licitações e contratação dos recursos serão assinadas amanhã (28) pelo presidente da Senesul (empresa de abastecimento), José Carlos Babosa, o governador André Puccinelli (PMDB) e o prefeito Murilo Zauith (PSB).

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

Deste montante, R$ 93 milhões serão aplicados na perfuração e ativação de sete poços tubulares profundos, com capacidade de produzir 250 mil litros por hora, e a construção de três reservatórios - um elevado de 500 mil litros, um apoiado de 800 mil litros e outro de 4 milhões de litros, que será implantado na área da estação de tratamento de água (ETA). Também será reformado um reservatório de 570 mil litros, o centro de reservação, elevatórias, implantação de 77 mil metros de rede de distribuição primária, 28 distritos de medição e controle, melhorias na captação de água superficial e substituição de equipamentos.

Também será autorizada a ampliação do sistema de esgotamento sanitário, com a construção de uma estação elevatória, 735 metros de linha de recalque, execução de 5.844 metros de rede coletora e 370 ligações domiciliares, que atenderá a Embrapa de Dourados e o Jardim Clímax.

Call Center – Para início imediato, a Sanesul e o Governo vão autorizar a liberação de R$ 5,3 milhões para a implantação de um Call Center que atenda os clientes de todas as unidades da empresa no Estado.

Barbosa, Puccinelli e Zauith autorizam, ainda, o início de três licitações, que somam R$ 1 milhão em recursos da Sanesul, para a urbanização da estação de tratamento de esgoto, ETE Guaxinim; aquisição de duas retroescavadeiras e a execução de 7.345 metros de rede de distribuição de água, implantação de 3.026 ligações domiciliares de água e reimplantação de 47 ligações domiciliares de água.

“Assim fechamos a nossa passagem pela Sanesul, deixando Dourados com coleta e tratamento de esgoto com índice acima de 90%. Já esses investimentos na parte de água possibilitam resolver todos os problemas presentes e futuros, sobretudo melhorando o abastecimento da cidade por pelo menos 10 anos”, afirma Barbosa.

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions