A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

15/04/2015 10:30

Reinaldo espera recursos federais para retomar Hospital de Dourados

Leonardo Rocha
Reinaldo diz que não desistiu da obra do Hospital Regional de Dourados (Foto: Fernando Antunes)Reinaldo diz que não desistiu da obra do Hospital Regional de Dourados (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que não desistiu do Hospital Regional de Dourados, apenas suspendeu a obra para dar prioridades a outras ações de saúde, que possam ter soluções mais imediatas. Ele ressaltou que espera recursos federais, através de convênio com o Ministério da Saúde, para depois continuar o projeto.

Veja Mais
Condutor perde o controle da direção e capota carro ao desviar de animal
Temer tira poder da Funai em demarcações e Famasul elogia medida

“O convênio com o Ministério da Saúde que assegurava a construção foi cancelado pelo meu antecessor, por isso a suspensão da obra”, disse o tucano. Ele ressaltou que o governo estadual tem mantido contato com a bancada federal para tentar reaver recursos para o retorno da obra.

De acordo com o governador, para primeira etapa da obra estariam previstos R$ 17 milhões do Ministério da Saúde. “Temos a consciência da importância de um projeto deste porte, porém a decisão de construí-lo não deve ser feita de forma rápida e aleatória como anteriormente.”, explicou o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares.

O titular da pasta ainda salientou que a obra será debatida na região de Dourados, para que possa atender justamente a necessidade da população. Como ação imediata, o governador em parceria com a prefeitura de Dourados, resolveu alugar e utilizar a estrutura que já está pronta do Hospital São Luiz, para agilizar os atendimentos e cirurgias eletivas na região.

Reinaldo explicou que nestes casos a saúde “pede urgência” e que a solução mais prática seria justamente adquirir os equipamentos que já estão instalados no hospital, mas não estavam operando. O governador estipulou que o aluguel deste local iria variar de R$ 20 mil a R$ 25 mil por mês. Ficando ao secretário municipal de Saúde de Dourados, Sebastião Nogueira, a negociação para colocar este projeto em andamento.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions