A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

27/10/2014 10:08

Reinaldo triplica vantagem sobre Delcídio na segunda maior cidade de MS

Helio de Freitas, de Dourados
Governador eleito intensificou campanha em Dourados no 2º turno e venceu petista com vantagem de 23.681 votos no município (Foto: Eliel Oliveira)Governador eleito intensificou campanha em Dourados no 2º turno e venceu petista com vantagem de 23.681 votos no município (Foto: Eliel Oliveira)

Assim como ocorre há 12 anos, o Partido dos Trabalhadores saiu mais uma vez derrotado neste segundo turno em Dourados, a 233 km de Campo Grande. No segundo maior colégio eleitoral de Mato Grosso do Sul, com 147.632 eleitores, os tucanos Aécio Neves e Reinaldo Azambuja aumentaram a vantagem registrada no primeiro turno.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

É a quinta eleição seguida que o PT perde em Dourados, considerando os dois turnos de 2006, o turno único de 2010 e os dois turnos de 2014.

Após fazer campanha mais intensa em Dourados, com apoio inclusive de um dos maiores líderes nacionais do partido, o senador eleito por São Paulo José Serra, o governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) recebeu 67.386 votos no município – 60,66%. Delcídio Amaral (PT) foi o escolhido de 43.705 douradenses – 39,34%.

A diferença foi de 23.681 votos a favor de Reinaldo, praticamente três vezes a vantagem do primeiro turno, que foi de 8.710 votos.

Na eleição para presidente da República, Aécio Neves (PSDB) recebeu 69.691 votos em Dourados (61,87%). O tucano teve em Dourados 26.737 votos a mais que a presidente reeleita Dilma Rousseff, escolhida por 42.954 douradenses (38,13%).

O índice de abstenção no município de Dourados se manteve próximo aos 20% do eleitorado, mas ficou abaixo da média nacional, que foi de 21,10% e de Mato Grosso do Sul, onde 23,13% dos eleitores deixaram de votar ontem.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions