A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

14/01/2015 15:29

Saúde retoma mutirões em bairros com maior risco de dengue e chikungunya

Helio de Freitas, de Dourados

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados, a 233 km de Campo Grande, retomaram nesta semana os mutirões para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre chikungunya. O trabalho está concentrado nos bairros com maior infestação do inseto, apontados no Liraa (Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti) realizado de 5 a 9 deste mês.

Veja Mais
Ao tentar esconder celular, preso fica com braço entalado em ralo por 7 horas
Chuva refresca, mas calor em Porto Murtinho continua acima dos 37°C

Conforme a Secretaria de Saúde, o primeiro bairro a receber os agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) foi a Vila Sulmat, onde o índice de infestação é o maior da cidade e chega a 5,1%. Pelo menos 80 agentes inspecionaram 2.115 imóveis e localizaram 17 focos de larvas do mosquito.

Rosana Alexandre da Silva, coordenadora do CCZ, explica que além de inspecionar os imóveis para verificar a existência de focos, os agentes orientam o morador sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue e da febre chikungunya. Quando são encontrados focos é feito o extermínio da larva com produto químico. Também é feita a pulverização com inseticida através de um veículo que circula pelo bairro.

“Este período do ano, com o excesso de chuva e calor, é o momento propício para eclosão das larvas do mosquito. Por isso os moradores, além de cuidar de seus imóveis, precisam que ficar atentos com os vizinhos”, afirmou Rosana Alexandre.

Hoje o mutirão está sendo feito na região do Jardim Água Boa, bairro mais populoso de Dourados e onde a infestação é de 3%. Amanhã o trabalho chega à região do Parque do Lago, na região oeste da cidade, onde a infestação é de 2,5%.

Agentes de saúde fazem mutirão na Vila Sulmat, ponto de maior infestação do mosquito transmissor das doenças (Foto: Divulgação/A. Frota)Agentes de saúde fazem mutirão na Vila Sulmat, ponto de maior infestação do mosquito transmissor das doenças (Foto: Divulgação/A. Frota)
Chuva refresca, mas calor em Porto Murtinho continua acima dos 37°C
A chuva que atingiu Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande, no início da semana aliviou a onda de calor na cidade. Entre segunda e terça-fe...
Homem é flagrado tentando fugir pelo telhado após furtar mercado
Um homem de 35 anos foi preso em flagrante tentando fugir pelo telhado de um mercado após furtar alimentos. O caso aconteceu às 04h15 desta quarta-fe...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions