A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

23/07/2015 07:57

Segundo caso de febre chikungunya no Estado é confirmado; 1° em Corumbá

Viviane Oliveira
Equipes de saúde estiveram ontem na casa do paciente infectado. A esposa dele e mais três pessoas que moram na casa estão com o mesmo sintomas. (Foto: Kleverton Velasques)Equipes de saúde estiveram ontem na casa do paciente infectado. A esposa dele e mais três pessoas que moram na casa estão com o mesmo sintomas. (Foto: Kleverton Velasques)

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou o caso de paciente infectado com o vírus da febre chikungunya em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande. De janeiro até agora, 82 casos da doença foram notificados e dois confirmados no Estado. O primeiro aconteceu em novembro do ano passado, na Capital.

Veja Mais
1º caso de Chikungunya é confirmado e doença pode se propagar na Capital
Ao realizar conserto em bomba d'água, homem morre após sofrer descarga elétrica

Na Cidade Branca, o homem de 37 anos foi detectado como caso suspeito da doença no dia 13 de junho, quando procurou assistência médica na rede pública de saúde. A coleta do material para exame foi realizada dois dias depois e o resultado positivo foi confirmado no boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (22).

Equipes da saúde estiveram na casa do paciente na tarde de ontem para coletar informações que possam ajudar na ação de avanço da doença, que tem como vetor o mosquito Aedes Aegypti, o mesmo da dengue. Durante a visita, foi detectado na esposa do homem e em mais três pessoas que vivem na residência, sintomas compatíveis com a chikungunya. Todos eles serão submetidos a coleta de material biológico para exame clínico.

O paciente com vírus é comerciante e também trabalha na Bolívia. A Secretária de Saúde destaca que a provável contaminação tenha acontecido no país vizinho, local onde a circulação do vírus já se manifesta. O homem confirmou que, antes de sentir os sintomas da doença, viajou para a cidade de Santa Cruz de La Sierra.

O comerciante relatou à equipe de saúde que teve quadro de fortes edemas (inchaços) nas articulações e ficou sem andar por alguns dias. Além disso, o vírus causa febre alta com inicio acima de 38,5ºC, dor muscular e nas articulações, cefaleia e manchas na pele.

Alerta - A Vigilância Epidemiológica e Núcleo de Atenção Básica de Corumbá começa a aplicação do Plano de Contingência para Introdução do Vírus que incluiu, entre outras ações, a emissão de alerta para os municípios vizinho, incluindo a Bolívia. Na cidade, os bairros que se encontram em situação de risco são: Generoso, com 5%; Nova Corumbá, 4,72; Nossa Senhora de Fátima, 4,55% e Cristo Redentor, com 3,95%.

Ao realizar conserto em bomba d'água, homem morre após sofrer descarga elétrica
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...
Durante briga em lanchonete, homem é esfaqueado e morre a caminho do hospital
Francisco Torales Monteiro, 32, foi encontrado ferido e agonizando em uma lanchonete de posto de combustível por volta de 00h05 desta segunda-feira (...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions